Entre pubs e pints

Saiba o que fazer e como se divertir no caminho entre as tradicionais "public houses"

João Calderón em 29 de Março de 2011 às 08:32

Londres, a capital da Inglaterra e do Reino Unido, foi por muito tempo um grande povoado cujo nome remonta à época dos romanos, quando era conhecida como Londinium. Um dos maiores centros financeiros do mundo, a cidade abriga uma vasta gama de povos, de diferentes culturas e religiões, que a enriqueceram e transformaram no que é hoje: uma miscelânea encantadora de culturas.

Atrações
Londres é também a terra dos bebedores de cerveja e dos tão tradicionais pubs, nome que deriva da expressão "public house". Isso quer dizer que os estabelecimentos são fruto de antigos bares que serviam de ponto de encontro para todos, desde o mais plebeu, podendo inclusive ser analfabeto - daí os nomes dos pubs serem sempre simples e possuírem um desenho característico geralmente representando esses nomes -, até personagens importantes da nobreza inglesa.

Uma as atrações imperdíveis desta cidade são seus museus, possivelmente os melhores do mundo, sejam eles de arte, como o National Gallery e sua quantidade impressionante de obras do Impressionismo; o Tate Modern, um dos melhores museus do mundo no quesito arte moderna, sempre com exposições itinerantes de excelente qualidade; sejam museus históricos como Natural History Museum e British Museum, que têm um dos melhores acervos do mundo em se tratando de tempos antigos. Para os amantes das duas grandes guerras, Londres abriga também o Imperial War Museum e o gabinete de Winston Churchill, uma espécie de bunker construído como um abrigo para os tempos dos bombardeios da II Guerra Mundial.

Wine bar
Apesar de haver tantos pubs e a cerveja correr solta, a população inglesa sempre foi uma grande apreciadora de vinhos. A Inglaterra, historicamente, sempre esteve entre os mercados mais fortes da bebida, comprando os melhores clarets e champagnes franceses mesmo em tempos de guerra contra a França e adquirindo os fortificados Vinhos do Porto em Portugal, por exemplo.

O tradicional mercado inglês é um dos que mais dispõe de rótulos diferentes no mundo

Então, durante anos e anos, o mercado inglês ditou os preços para os Premier Cru bordaleses e até hoje tem enorme influência. O Reino Unido, juntamente com os Estados Unidos, é a nação com maior número de rótulos de vinho disponíveis em seus mercados, para deleite de seus consumidores.

#Q#
Photoxpress.com
Big Ben e London Eye (roda gigante), dois dos pontos mais conhecidos de Londres

Sendo assim, todo enófilo que estiver viajando por Londres com certeza vai querer conhecer as singularidades londrinas no quesito vinho. Damos, aqui, duas opções de passeio para serem feitas em qualquer dia e horário, especialmente quando o período de "folga" for mais longo. A primeira delas é a Berry Brothers & Rudd, fundada em 1698 pela viúva Bourne. Esta é a loja de vinhos mais antiga da Grã-Bretanha e muito provavelmente a mais antiga do mundo. A loja, além de fornecer vinhos para a família real desde o reinado de George III, possuiu clientes de grande importância histórica como o poeta britânico Lord Byron.

Além de toda a história, a Berry Brothers possui uma vasta gama de vinhos de todas as partes, incluindo raridades que estão na sua chamada "Fine Wine List", como um Château d'Yquem 1937 ou Château Cheval Blanc 1998, que podem ser comprados em caixas na própria loja ou online.

Assim como a Berry Brothers, o Gordon's Wine Bar é o mais antigo wine bar de Londres, e possivelmente do mundo, tendo sido fundado em 1890. Ele ainda mantém sua decoração original, com uma carta variada e preços razoáveis, em que muitos dos vinhos podem ser pedidos também em taças. O wine bar, que também funciona como loja, já teve um ilustre vizinho, o escritor inglês Kipling, que hoje dá nome ao edifício, Kipling House.

Hospedagem
Em meio à imensidade de opções que a cidade pode trazer, viajar por Londres por alguns dias sem esquecer, é claro, de comer e beber bem, será sinônimo de deleite. Sem dúvida, a primeira coisa a se fazer é escolher (bem) o hotel. Para aqueles que procuram um hotel luxuoso e tradicional, a primeira opção (e aí suas chances de errar são praticamente nulas) é o Berkeley Hotel - localizado em Knightsbridge, próximo à famosa loja de departamentos Harrods. Outra opção, para aqueles que buscam algo com um toque mais charmoso, é o Portobello Hotel, uma antiga casa no estilo townhouse - como as casas tradicionais de toda a cidade, em que a sensação que se tem é de estar mesmo em casa.

FIQUE DE OLHO
A loja de vinhos da Harrods organiza todos os meses eventos de degustações de vinhos, sempre com especialistas no assunto. É uma agradável maneira de expandir os seus conhecimentos enológicos.
#Q#
Photoxpress.com
Green Park fica ao lado do Palácio de Buckingham Cabines telefônicas e ônibus vermelhos são "cartões postais"
As ruas de Notting Hill ficam cheias, então cuidado para não se perder

Roteiros
Após a escolha do hotel vêm as opções de roteiro. Uma boa ideia é começar a manhã na deliciosa feira de rua que acontece em Notting Hill. Como a rua é muito cheia e as chances de se perder de seus acompanhantes são grandes, tome cuidado.

Após visitar lojas de antiguidades, tendas de comidas e contemplar alguns dos diversos músicos de rua, o passeio pode terminar com você tomando um pint em um dos pubs que estão ali. No final da rua, a feira já é um pouco mais tranquila e há uma delicatessen espanhola chamada Casa Garcia, famosa por suas tapas muito bem elaboradas e que também oferece produtos espanhóis de excelente qualidade, como embutidos e vinhos.

Se a hora já estiver adiantada, o que não é incomum dado o potencial atrativo de Notting Hill, e a fome estiver apertando, uma boa opção de restaurante é o Geales, onde se pode comer o tradicional - e considerado por muitos o melhor da cidade - fish'n'chips, acompanhado de um bom Pouilly Fumé da carta de vinhos.

Londres tem alguns dos museus mais importantes do mundo

Depois do almoço é hora de se preparar para ir ao teatro, uma das essências da noite londrina. Escolha um bom musical perto de Covent Garden, já que depois da diversão será hora de experimentar mais um bom restaurante: o Moti Mahal, que fica nesta mesma região e cujo menu faz viajar por toda a Índia com o melhor da cozinha regional e suas intermináveis tentações - como, por exemplo, os pratos elaborados no "Thatee Grill", uma das marcas da cozinha rural indiana.

THE LONDON INTERNATIONAL WINE FAIR
A feira internacional de vinhos, que acontece anualmente em Londres, é considerada uma das mais importantes do mundo e é onde o wine business se encontra por três dias. Dificilmente podemos encontrar em outras feiras similares com tamanha diversidade de vinhos. Este ano ela acontecerá entre os dias 17 e 19 de maio.
#Q#
Photoxpress.com
A famosa troca da guarda

Aproveite para relaxar
Após colocar as energias em dia, é preciso caprichar na primeira refeição do dia seguinte. Como o tempo é curto e os lugares para escolher são muitos, vale a pena pedir o tradicional English Breakfast, com seus ovos mexidos, tomates, cogumelos, bacon e linguiça. Após o café da manhã pesado, nada melhor do que relaxar por um dos parques que servem a cidade. Uma boa opção é o Green Park, já que é possível emendar o passeio e ir conferir o Palácio de Buckingham e seus maravilhosos jardins.

Abadia de Westminster, onde reis e rainhas são coroados

Passado o almoço, a próxima parada é a famosa loja de departamentos Harrods, que, no século XIX, funcionou como um atacado de secos e molhados e que teve, ao longo de sua história, frequentadores ilustres como Oscar Wilde e Sigmund Freud. Chegando ao mar de tentações, vá direto à parte gourmet da loja, onde se encontra de tudo: os melhores óleos de oliva do mundo, trufas, reservas de vinagres balsâmicos e queijos de todas as partes do planeta. Enfim, uma verdadeira perdição. Isso sem falar na loja de vinhos, onde podemos encontrar vinhos de todo o mundo, incluindo algumas raridades como um Château Latour 1982 ou uma garrafa magnum de um Pétrus 1995.

fotos: divulgação

Já com água na boca e a noite caindo, prepare- se para mais um jantar em grande estilo. Mostraremos quatro opções e, em qualquer uma delas, a ocasião certamente será muito especial. A primeira, é o restaurante Fifteen, do famoso chef Jamie Oliver, uma cozinha de base italiana, porém cheia de criatividade, com pratos como risoto de morangos e vinagre balsâmico, ou pancetta recheada com acelga, pistaches e anchovas. A segunda opção é o restaurante do não menos famoso Gordon Ramsay, localizado no hotel Claridge's, com pratos muito bem elaborados e perfeitamente harmonizados pelo sommelier com os vinhos da carta. As duas últimas sugestões ficam no mesmo lugar, o Berkeley Hotel. Uma delas é o restaurante do estrelado chef Marcus Wareing, conhecido por sua brilhante e técnica cozinha francesa. A última fica por conta do chef Pierre Koffmann, que valoriza como poucos a importância do menu du jour.

CASAS LEILOEIRAS
Além de diversos pontos turísticos e gastronômicos, Londres também abriga duas das maiores e mais tradicionais casas leiloeiras do mundo. A mais antiga delas, e também a quarta mais antiga do mundo, é a Sotheby's, fundada em 1744 e cuja sede está na New Bond Street. Lá, além de conhecer a casa, você pode passear pela rua e seus arredores, onde estão diversas lojas de luxo como Miu Miu, Prada, Mulberry, Burberry e Louis Vuitton. Já a rival, Christie's, está na King Street e também vale a pena ser conferida.
#Q#
Photoxpress.com
Ponte de Londres

Último dia
Chegando ao último dia de viagem, não esqueça de passear pelas margens do rio Tamisa e todos os seus pontos clássicos: a London Tower, a London Bridge, e o Globe Theater - teatro onde Shakespeare trabalhou e escreveu muitas de suas peças. Depois disso vá ao Borough Market, mais uma das perdições gastronômicas londrinas, e visite as tendas de peixes, caças, hortifrutis e queijos. É claro que, em meio a tantas delícias e clima agradável, será impossível não beliscar um queijinho ou algum embutido ali mesmo, mas guarde o estômago para mais tarde.

DATAS E HORÁRIOS DE ABERTURAS
Vale também lembrar de olhar os horários de abertura das feiras e estabelecimentos. A feira em Portobello Road, por exemplo, acontece todos os sábados, enquanto o Borough Market funciona de quintas-feiras aos sábados. E, apesar de não termos este costume no Brasil, em Londres é sempre aconselhável reservar o seu jantar com certa antecedência.

Logo ali, de frente para o mercado, está o Wright Brothers Oyster & Porter House, uma casa de frutos do mar que tem como especialidade as diversas variedades de ostras, que ficam descritas em uma lousa. Escolha a sua preferida, harmonize com uma boa garrafa de champagne e despeça-se da viagem em grande estilo.

THE LONDON INTERNATIONAL WINE FAIR
A feira internacional de vinhos, que acontece anualmente em Londres, é considerada uma das mais importantes do mundo e é onde o wine business se encontra por três dias. Dificilmente podemos encontrar em outras feiras similares com tamanha diversidade de vinhos. Este ano ela acontecerá entre os dias 17 e 19 de maio.

INFORMAÇÕES:
Berry Bros. & Rudd's - www.bbr.com
British Museum - www.britishmuseum.org
Borough Market - www.boroughmarket.org.uk
Café Garcia - www.garciacafe.co.uk
Christie's - www.christies.com
Fifteen - www.fifteen.net
Geales - www.geales.com
Gordon Ramsay at Claridge's - www.gordonramsay.com/claridges
Gordon's Wine Bar - www.gordonswinebar.com
Harrods - www.harrods.com
Imperial War Museum - www.iwm.org.uk
London International Wine Fair - 2011.londonwinefair.com
Marcus Wareing at The Berkeley - www.the-berkeley.co.uk/marcus_wareing.aspx
Moti Mahal - www.motimahal-uk.com
National Gallery - www.nationalgallery.org.uk
Natural History Museum - www.nhm.ac.uk
Pierre Koffmann's - www.the-berkeley.co.uk/pierre-koffmanns-french-restaurant.aspx
Portobello Hotel - www.portobellohotel.com
Sotheby's - www.sothebys.com
Tate Modern - www.tate.org.uk/modern
The Berkeley Hotel - www.the-berkeley.co.uk
Wright Brothers Oyster and Porter House - www.thewrightbrothers.co.uk


Enoturismo

Artigo publicado nesta revista

Revista ADEGA 65 · Março/2011 · Julgamento de Paris

Bastidores da degustação que abalou o mundo

Como escolher sua adega climatizada

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 202,80R$ 405,06R$ 202,80R$ 202,80
Assine Agora porR$ 194,40R$ 345,60R$ 119,96R$ 119,96
Desconto
EconomizaR$ 8,40R$ 59,46R$ 82,84R$ 82,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 60,84 6x R$ 54,00
Assinando agora você GANHA também POSTER DESCRITORES AR GUIA ADEGA 2016/2017
Como escolher sua adega climatizada

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas