Lista traz 10 garrafas de vinho que custaram fortunas

Para algumas pessoas, o vinho é uma bebida. Para outros, um estilo de vida. Alguns o encaram como investimento, e outros, poucos, unem essas três características, e são aqueles realmente aficionados por vinho, chegando ao ponto de pagar verdadeiras fortunas numa garrafa.

Geralmente, os preços mais altos atingidos por vinhos acontecem em leilões, onde a disputa é grande e o nível dos rótulos também. Sendo assim, selecionamos alguns dos vinhos mais caros já arrematados em leilões do mundo inteiro. Eles estão em ordem de compra e muito acima dos preços médios, porém, a lista pode não incluir todos os vinhos mais caros já comprados.

Château Lafite 1787: Em 1985, o publisher da Forbes, Malcolm Forbes arrematou uma garrafa do vinhos Château Lafite 1787, que supostamente teria pertencido a Thomas Jefferson, por US$160.000, na época o valor mais alto já pago por uma garrafa de 750 ml de vinho.

Château Margaux 1787: Em 1989, mais uma garrafa de Thomas Jefferson foi leiloada, dessa vez do Château Margaux safra 1787. O valor chegou aos 500 mil dólares, pagos pelo negociante William Sokolin que, mais tarde, o ofereceu num jantar no Four Season Hotel. Porém, antes de servi-lo, o garçom derrubou a garrafa, quebrando-a. O vinho, por sorte, tinha seguro e Sokolin recebeu  US$225.000,00.

Romanee-Conti DRC 1990: Um lote de oito garrafas de Romanee-Conti foi leiloado em Londres, em 1996, e chegou ao valor de $28,112.

Château Mouton Rothschild 1945: Em 1997, uma a jeroboam do Château Mouton Rothschild da safra de 1945, considerada uma das melhores do século passado, foi vendida pela Christie's por US$114,614, mais de US$23,000 por 750 ml.

Shipwrecked 1907 Heidsieck: O Champagne mais caro do mundo, vendido por US$275,000. Foi recuperado de um navio naufragado durante a 1ª Guerra Mundial.   

Screaming Eagle Cabernet 1992: Uma garrafa imperial (de seis litros) do vinho foi vendida por 500 mil dólares num leilão de caridade no Napa Valley em 2000.

Penfolds Grange Hermitage 1951: O australiano mais caro do mundo. Em maio de 2004, um colecionador de Adelaide pagou cerca de US$38.420 por uma garrafa do vinho.

Château d'Yquem 1787: Em 2006, foi o vinho branco mais caro já vendido, por 100 mil dólares, por um colecionador anônimo americano.

Cheval Blanc 1947: Em 2010, uma garrafa de seis litros desse Bordeaux foi encontrada numa adega secreta de um grande colecionador e leiloada pela Christie's. O valor de venda foi de US$ 304.375, o dobro do previsto.

Château d'Yquem 1811:  Em 2011, um colecionador francês adquiriu uma garrafa do Château d'Yquem 1811 para colocar na carta de vinhos de seu restaurante em Bali. O valor pago foi de 75 mil libras, ou 120 mil dólares, o mais caro da história para um vinho branco.


Notícias lista 10 garrafas vinho custaram fortunas

10 hotéis de luxo entre vinhedos

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 194,40R$ 345,60R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 21,60R$ 86,40R$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 64,80 6x R$ 57,60
Assinando agora você GANHA também POSTER DESCRITORES AR GUIA ADEGA 2016/2017
10 hotéis de luxo entre vinhedos

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas