Vinhedos, recordes e festas

Quarta edição da Wine Run teve quebra de recorde da prova assim como no número de participantes, consolidando-se como uma das maiores e mais agradáveis corridas de rua do Brasil

Por Arnaldo Grizzo em 21 de Abril de 2014 às 00:00

“Nunca disputei uma prova com um percurso tão lindo, passando por parreirais, vinícolas em uma região com muita identidade. Além disso, a chegada é uma festa sensacional, com um astral diferente, da qual ninguém quer ir embora”, disse Daiane Barros, campeã entre as duplas

Para alguns, correr a Wine Run é um desafio. Para outros, diversão. Para a maioria dos 1.400 participantes da quarta edição da meia-maratona que percorre as paisagens vitivinícolas brasileiras, o fim de semana da prova significa muito mais do que uma simples corrida.

Para os que amam o esporte, a Wine Run – realizada no dia 5 de abril pela terceira vez no Vale dos Vinhedos – é assunto sério. Tanto que eles correm para vencer, superar-se e também superar recordes. Foi o caso do vencedor deste ano, Reginaldo José da Silva, atleta da equipe do Cruzeiro, que completou os 21 quilômetros entre Garibaldi e Bento Gonçalves em 1h14min18seg, quase seis minutos a menos do que o campeão do ano passado. Há ainda quem se sinta em casa durante a prova, como Ana Gorini da Veiga, que se sagrou tricampeã com o tempo de 1h39min22seg, quase oito minutos a menos que seu tempo de 2013.

Mas tanto Reginaldo quanto Ana, apesar de sua paixão e dedicação ao esporte, assim como outros tantos atletas amadores que disputaram a Wine Run, reconhecem que essa corrida oferece muito mais do que os desafios do terreno (três tipos de piso, com asfalto, terra batida e calçamento de paralelepípedo), da altimetria e dos adversários. “A prova é maravilhosa, num lugar tão bonito que a gente chega a ficar emocionado“, contou Reginaldo. “Nunca disputei uma prova com um percurso tão lindo, passando por parreirais, vinícolas em uma região com muita identidade. Além disso, a chegada é uma festa sensacional, com um astral diferente, da qual ninguém quer ir embora”, disse a goiana Daiane Barros, campeã entre as duplas e experiente em corridas de montanha, lembrando da grande celebração da chegada.


“A Wine Run é uma das melhores corridas do Brasil na atualidade, o que não é pouco, visto termos centenas de provas no Brasil anualmente. É um evento que veio para ficar e deve ser disputado pelos corredores ao menos uma vez na vida”, Harry Thomas Jr, publisher do site Running News

Volte sempre!

Em sua quarta edição, a Wine Run se consolida como uma das mais importantes provas com a temática de vinho no mundo e certamente já está entre as mais atrativas corridas do Brasil, contando com a participação de aletas de elite, os quais se misturam com diversos enófilos esportistas que aproveitam para unir duas paixões. No fim de semana da prova, mais do que correr entre os parreirais desfrutando de uma paisagem magnífica no Vale dos Vinhedos, os atletas têm contato com toda a tradição da Serra Gaúcha, além de acesso à riquíssima gastronomia local, com jantar de massas e visitas guiadas às vinícolas. Na chegada, uma festa de confraternização como nenhuma outra, em que os corredores são recepcionados com sucos, espumantes, massas, queijos, salames etc.

Neste ano, aliás, diversos corredores foram recepcionados pela TV Roça, um divertido grupo que abordava os participantes para divertidas entrevistas. “Adorei os senhores da roça com câmera de abóbora, microfone de milho e serviram um delicioso salame! Tudo ótimo! Até ano que vem!”, comentou Lucia Keiko Otakeno na página do Facebook da corrida (www.facebook.com/wine.run.9), que recebeu diversas mensagens dos corredores felizes com os resultados e todos absolutamente dispostos a retornar no ano seguinte, como Patricia Caliano. “Comemorar a passagem do meu aniversário correndo na Wine Run foi tudo de melhor: percurso lindo, vários novos amigos e uma festa mega divertida no final. Recomendo a todos!”, contou.

Recomendações à meia-maratona, aliás, não faltaram por parte dos corredores assíduos, encantados com a organização e todo o entorno da prova, seja por parte daqueles que foram para se divertir. Todos se mostraram empolgados para voltar no ano seguinte, o que só reforça a opinião de Harry Thomas Jr, publisher do site Running News, um dos principais portais sobre corridas de rua no Brasil: “A Wine Run é uma das melhores corridas do Brasil na atualidade, o que não é pouco, visto termos centenas de provas no Brasil anualmente. É um evento que veio para ficar e deve ser disputado pelos corredores ao menos uma vez na vida”.

A próxima edição da Wine Run será no dia 7 de setembro, na cidade de Lagoa Grande, em Pernambuco, na divisa com a Bahia, no Vale do São Francisco.


Curiosidades Wine Run quarta edição meia-maratona paisagens vitivinícolas Vale dos Vinhedos

Artigo publicado nesta revista

Revista ADEGA 102 · Abril/2014 · África do Sul desvendada

Dicas de enoturismo e os melhores vinhos da terra de Mandela

Tinto ou Branco?

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 202,80R$ 405,06R$ 202,80R$ 202,80
Assine Agora porR$ 182,52R$ 324,04R$ 119,96R$ 119,96
Desconto
EconomizaR$ 20,28R$ 81,02R$ 82,84R$ 82,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 60,84 6x R$ 54,00
Assinando agora você GANHA também 1 Pôster das Cores do Vinho 1 Etilômetro + Pôster das Cores do Vinho
Tinto ou Branco?

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas