Bye-bye, wine

Vinícola perde 250 mil litros de vinho

Propriedade canadense teve seus tanques esvaziados durante uma madrugada

Da redação em 3 de Novembro de 2016 às 16:31

A produção vinícola envolve inúmeras etapas e pode perdurar durante muito tempo. Quando o vinho, enfim, chega à adega de uma fabricante, ele já está praticamente pronto, e, em geral, já está a salvo de incidentes, principalmente dos climáticos e naturais. O desfecho para a Pelee Island Winery, porém, foi outro: 250 mil litros de vinho já estavam armazenados quando alguém drenou toda a bebida em um ataque que causou um prejuízo de 3,3 milhões de dólares canadenses, aproximadamente R$ 7.953.000.

Localizada na cidade de Kingsville, na província de Ontário, a vinícola canadense sofreu o ataque durante a madrugada do último dia 31 de outubro. “Nós estamos extremamente chocados e revoltados que alguém tenha atacado uma de nossas fabricantes. De acordo com a nossa produção, este é um volume de vinho muito significativo”, afirmou o presidente do Windsor Essex Country Wineries & Vineyard, Stephen Mitchell. Supondo a possibilidade de sabotagem, a polícia local segue atrás dos responsáveis.

 

LEIA MAIS
Vinho ecológico tem sabor melhor que do que o convencional?
Leilão vende saca-rolhas gigante por £ 104 mil
Brasil simplifica tributação sobre vinhos


Notícias

Como escolher sua adega climatizada

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 202,80R$ 405,06R$ 202,80R$ 202,80
Assine Agora porR$ 194,40R$ 345,60R$ 119,96R$ 119,96
Desconto
EconomizaR$ 8,40R$ 59,46R$ 82,84R$ 82,84
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 60,84 6x R$ 54,00
Assinando agora você GANHA também POSTER DESCRITORES AR GUIA ADEGA 2016/2017
Como escolher sua adega climatizada

Alguns valores poderão variar dependendo da cotação do dólar



Receba o boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas