ADEGA indica

5 rótulos que explicam porque o vinho branco do Douro é tão especial

Ao norte de Portugal, a região produz vinhos brancos singulares, que enchem a boca do amante do vinho


 

O rio Douro e suas paisagens maravilhosas

Arinto, Viosinho, Rabigato, Roupeiro (também conhecida como Síria), Gouveio, Moscatel Galego, Códega do Larinho.

» Conheça todos os brancos do Douro já degustados pela ADEGA

» Quer mais dicas? Clique aqui e conheça a seção ADEGA indica

Nomes típicos de uvas pouco conhecidas, mas muito apreciadas.

Por se tratar quase que exclusivamente de blends, ou seja, vinhos produzidos por mais de uma casta, e com pouco ou nenhum destaque para as uvas em si e mais para o terroir e a utilização de castas tradicionais, dificilmente ouvimos falar, ou lemos nos rótulos, os nomes dessas grandes variedades portuguesas.

O fato é que os vinhos brancos do Douro são singulares.

Complexos sem deixar de lado o frescor, são frutos de uma combinação dessas uvas que nasceram e se desenvolveram por lá, com um terroir que as favorece e potencializa suas características.

Eduardo Milan, editor de vinhos de ADEGA, montou uma seleção de rótulos dessa região única e seus vinhos brancos muito conhecidos também por harmonizar com os pratos mais típicos da culinária lusitânia.

Tons de Duorum Branco 2019 - AD 90 pontos

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 20 de Junho de 2021 às 13:00


Adega Indica ADEGA indica Indicação Vinho Vinho branco Vinho do Douro Vinho português Douro Portugal