DOC

Alsácia, um guia rápido para a região

Conheça as castas, principais produtores e curiosidades sobre a região


 

Vinhedos na região francesa da Alsácia

A Alsácia é uma região onde reina os vinhos brancos.

Localização 

Na divisa com a Alemanha, não muito distante do rio Reno, a Alsácia já pertenceu aos alemães durante as muitas guerras pelas quais esses dois países passaram. Os vinhedos seguem do norte de Estrasburgo até perto de Mulhouse, passando por Colmar. 

Área 

Cerca de 16 mil hectares 
Mapa da região vitivinícola da Alsácia

Principais tipos de vinhos 

A Alsácia é conhecida por seus brancos. Aqui, 90% dos vinhos produzidos são de variedades brancas como Riesling, Pinot Gris, Pinot Blanc, Gewürztraminer, Sylvaner, Muscat, Chasselas, entre outras. Há também tintos, geralmente de Pinot Noir, assim como espumantes (Crémant) de método tradicional. 

Garrafa tradicional 

Todos os vinhos alsacianos são, por força de lei, engarrafados – em típicas garrafas altas chamadas flutes– na região onde são produzidos. =

» Conheça as denominações francesas

» Alsácia, o reino dos vinhos brancos

Denominações mais famosas 

O sistema de denominações de vinhos da Alsácia é simples: são apenas duas denominações para vinhos tranquilos – Alsace AC e Alsace Grand Cru AC – e uma para o espumante típico da região – Crémant d’Alsace AC. Os Alsace AC compõem aproximadamente 74% dos vinhos produzidos na região e 92% deles são brancos (e majoritariamente secos). Para os vinhos Alsace AC, sempre que o nome da uva estiver estampado no rótulo, subentende-se que se trata de um varietal. Quando não houver informação da casta, é um blend, que pode tanto levar o nome da marca de seu produtor, quanto ser denominado “Edelzwicker” ou “Gentil”, termos indicativos de que se trata de um assemblage. Há ainda os Vendage Tardive e Sélection de Grains Nobles, que são classificações de vinhos doces. 

Classificações 

Alsace Grand Cru AC foi formalizada em 1975 e engloba 51 parcelas de vinhedos definidas de acordo com critérios geológicos e climáticos. A partir de 2011, cada uma dessas parcelas – chamadas localmente de lieux-dits – foi reconhecida como uma denominação de origem própria. Permitem-se apenas vinhos varietais; a exceção é a produção de blends em Kaefferkopf e Altenberg de Bergheim Grand Crus AC. Além disso, com exceção de Zotzenberg Grand Cru AC, onde se autoriza o cultivo de Sylvaner, as únicas castas permitidas em Alsace Grand Cru AC são Riesling, Gewürztraminer, Pinot Gris e Muscat. Apenas aproximadamente 4% dos vinhos alsacianos recebem a denominação Alsace Grand Cru AC. Desde 2011, criou-se duas novas categorias: os vinhos Communales (que seriam os villages borgonheses) e os Lieux-dits (uma espécie de Premier Cru). 

Terroir 

O clima na Alsácia é frio e continental. As montanhas de Vosges protegem a região dos ventos úmidos vindos do oeste. Os verões são quentes e os outonos ensolarados e secos. O índice pluviométrico é um dos mais baixos da França. A diversidade de tipos de solo é grande, com pelo menos 20 formações de terreno diferentes. Nas encostas, encontra-se granito, calcário, arenito, argila, composições argilo-calcárias e até mesmo solos vulcânicos; já na planície, os solos são predominantemente aluviais, ou seja, formados por sedimentos transportados e depositados pelos cursos de água, constituídos, por exemplo, de argila e areia. Essa complexidade geológica contribui para a grande variedade de estilos de vinhos. 
As uvas brancas dominam a região da Alsácia

Principais variedades 

As uvas autorizadas na Alsácia são: Riesling (cerca de 20% das plantações), Gewürztraminer (18%), Pinot Gris (15%), Auxerrois (14%), Sylvaner, Pinot Blanc, Pinot Noir, Muscat, Chasselas e Savagnin Rose. 

Produtores consagrados 

Hugel, Trimbach, Zind-Humbrecht, Marcel Deiss, Weinbach, Léon Beyer, Albert Mann, Barmès Buecher, Bott-Geyl, Dopff au Molin, Gustave Lorentz, Hasmann Bernard et Frederic, Kuentz-Bas, Paul Blanck, Pierre Frick, Ruhlmann-Schutz, Valentin Zusslin, entre outros. 
 

Clique aqui e conheça os melhores vinhos da região já degustados pela ADEGA

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 
Da redação

Publicado em 24 de Março de 2021 às 16:08


Escola do vinho Alsácia História Castas Vinhedos Vinho Região Mapa Guia