Notícias

Emmanuel Macron leva vinho da Borgonha para o presidente chinês, Xi Jinping

França e China negociam acordo contra a falsificação de alimentos e vinhos em um jantar privado dos dois presidentes


O presidente da França, Emmanuel Macron, levou uma garrafa de Romanée-Conti 1978 para um jantar privado com o líder Xi Jinping no dia 5 de novembro. Esta não foi a primeira vez que o mandatário francês agradou o colega asiático com vinho, sendo que no início do ano eles já haviam provado Petrus em um encontro na França. 

A União Europeia e a China estão em negociações para um acordo de proteção contra a falsificação de alimentos e vinhos. Segundo fontes, a escolha do vinho foi minuciosa. A safra de 1978 foi o reconhecimento da chegada ao poder de Deng Xiaoping na China. Ele teria sido pioneiro nas reformas que abriram a economia chinesa para o mundo. Além disso, há quem diga que 1978 foi a safra da década de Romanée-Conti. 

No fim, a visita de Macron coincidiu com um acordo entre a União Europeia e a China para ajudar a evitar a falsificação de nomes protegidos, como Champagne e Bordeaux, por exemplo. O acordo recíproco oferece melhor proteção legal para 100 das Indicações Geográficas (IG) da Europa na China e também para 100 IGs chinesas nos estados membros da União Europeia. 

Da redação

Publicado em 10 de Janeiro de 2020 às 16:54


Notícias frança china vinho jantar emmanuel macron xi jinping

Artigo publicado nesta revista