Revista ADEGA
Busca

Aquisição gigante

Ícone de Napa muda de mãos e agora faz parte da LVMH Moët Hennessy

O histórico Joseph Phelps Vineyards foi adquirido na totalidade pela gigante francesa do luxo


Vinhedos do icônico Joseph Phelps em Napa
Vinhedos do icônico Joseph Phelps em Napa

A LVMH Moët Hennessy, holding mundial do vinho e da moda e proprietária de marcas como Louis Vuitton e Moët & Chandon, assinou um acordo para comprar a Joseph Phelps Vineyards. O acordo inclui a marca, a adega, o inventário e seus 212 hectares de vinhas espalhados por Napa Valley e Sonoma County.

"Temos em nosso portfólio uma oferta consistente de vinhos brancos e vinhos rosés, por isso queríamos reforçar nossa oferta de vinhos tintos adicionando um requintado", disse o CEO da Moët Hennessy, Philippe Schaus, à publicação Wine Spectator . "Joseph Phelps é uma das propriedades vinícolas mais respeitadas e aclamadas da Califórnia e, em particular, do Napa Valley, principalmente através do lendário Insignia. Ele se encaixa perfeitamente com nosso DNA e valores, [incluindo] a ambição da Moët Hennessy de continuar fortalecendo seu portfólio global de vinhos excepcionais e crescer ainda mais com marcas escaláveis. Uma forte presença em Napa é fundamental para escalar nosso negócio de vinhos nos EUA"

O CEO acrescentou ainda que nenhuma mudança na equipe da vinícola está planejada para o futuro imediato. O enólogo-chefe Ashley Hepworth continuará no cargo.

Joseph Phelps é um dos pioneiros de Napa, parte de uma geração que se mudou para o vale nas décadas de 1960 e 1970 e revitalizou sua cena vinícola. Phelps fez carreira como empreiteiro de construção no Colorado, depois estabeleceu um escritório em São Francisco. Sua empresa ganhou uma licitação para construir a Vinícola Souverain em Sonoma e Phelps começou a passar um tempo na região vinícola.

A paixão foi imediata. Tanto que Joseph começou a produzir vinhos à base de Cabernet Sauvignon e Zinfandel no porão de sua casa usando uvas Napa. A mudança de carreira aconteceu em 1973 quando ele comprou uma fazenda em Spring Valley, no lado leste de Napa.

Phelps lançou seus primeiros vinhos - um Riesling e um Cabernet Sauvignon – ainda em 1973. E já em 1974 ele produziu o Insignia, uma mistura de variedades clássicas de Bordeaux e que se tornou um doa maiores ícone de Napa. ADEGA degustou recentemente a safra 1985, confira a resenha aqui.

Após a morte de Joseph em 2015, seus filhos assumiram a gestão da empresa. Em uma declaração da família Phelps, eles comentaram: "Joseph Phelps Vineyards é produtor de vinhos icônicos há quase 50 anos. Durante todo esse período, e enquanto nós planejávamos os próximos 50 anos, o objetivo da nossa família sempre foi honrar esse legado. Acreditamos que passar os cuidados desta joia da coroa do Napa Valley e Sonoma Coast para a LVMH, líder mundial de renome no mercado de vinhos e destilados de luxo, nos permitirá fazer exatamente isso”.

Os valores da negociação não foram divulgados.

André De Fraia
Publicado em 04/07/2022, às 08h00


Mais Mundovino