Mundovino

Eventos do mundo do vinho


Enólogo do ano

A Associação Brasileira de Enologia (ABE) elegeu Delto Garibaldi como o Enólogo do Ano de 2014. A distinção ocorreu durante jantar no dia 24 de outubro em Bento Gonçalves com a presença de 130 associados. Garibaldi é o 11o enólogo homenageado pela entidade. Ele atua no setor há 20 anos e atualmente é diretor-proprietário do Laboratório Lavin. “Nosso trabalho é fazer com que cada bebida seja elaborada de maneira a trazer felicidade para as pessoas”, disse ao receber a honraria. Antes dele, já foram premiados: Juliano Perin, Dirceu Scottá, Daniel Dalla Valle, Lucindo Copat, Nauro José Morbini, Ismar Pasini, Adriano Miolo, Firmino Splendor, Gilberto Pedrucci e Antônio Czarnobay.

 

Jay-Z dourado

Nos últimos anos, rap e Champagne estão cada vez mais próximos, já que os cantores desse estilo de música costumam ter preferência por essas bebidas. No entanto, o rapper e produtor Jay-Z foi além e adquiriu a marca de Champagne Armand de Brignac, fazendo uma oferta simplesmente irresistível à Sovereign Brands, dona da marca até então. O rapper sempre foi um dos maiores fãs e representantes da Armand de Brignac. Há dois anos, Jay-Z montou uma torre de 350 garrafas de Champagne da marca para uma festa em sua boate em Nova York, em homenagem ao presidente Barack Obama.

 

Câncer de ovário

Uma pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition mostrou que os flavonoides, compostos orgânicos encontrados no vinho, podem ajudar na prevenção do câncer de ovário. Cientistas das universidades de Harvard e East Anglia, no Reino Unido, analisaram aproximadamente 172 mil mulheres com idades entre 25 e 55 anos, durante cerca de 20 anos. As que consumiam as doses mais altas de flavonoides tiveram significativamente menos chances de desenvolver câncer de ovário. Descobriu-se ainda que compostos como a Quercetina, também encontrada no vinho tinto, podem regular vias de sinalização celular e pesquisas anteriores já haviam mostrado que esta substância pode ser capaz de cessar a proliferação de células de câncer de ovário.

Drônes na colheita

O conselho do vinho da Borgonha, o magnata Bernard Magrez, produtor de Bordeaux, e engenheiros da Airbus começaram uma parceria para desenvolver drônes que possam ser usados nas colheitas para detectar doenças nas vinhas. Chamado de Damav, o projeto pode demorar até 36 meses para ser concluído, mas a detecção das doenças pelo uso de drônes pode poupar os funcionários de terem que verificar as vinhas uma a uma, além de fornecer diagnósticos mais confiáveis e eficientes.

Novo rótulo

A Château Mouton Rothschild revelou o artista do rótulo para a safra de 2012 do seu principal vinho. O desenho do catalão Miguel Barcelo foi o último comissionado especialmente pela Baronesa Philippine de Rothschild, que morreu em agosto deste ano. O novo rótulo apresenta traços da cultura catalã, e segundo o artista, foi inspirado no emblema da empresa Mouton. “Seus dois carneiros, simétricos e cara-a-cara, são um lembrete de que o equilíbrio e a harmonia de um grande vinho, apesar de presentes na natureza, ainda são um desafio a ser vencido pelo trabalho de mãos humanas”, resumiu Barcelo, responsável pela pintura no teto do Palácio das Nações Unidas em Genebra. Desde 1945, os rótulos de Mouton são criados por grandes artistas, entre eles Salvador Dali, Pablo Picasso, Joan Miró, Marc Chagall, Francis Bacon, Wassily Kandinsky, Andy Warhol etc.

 

Don Laurindo

No dia 6 de novembro, a vitivinicultura brasileira enlutou-se pelo falecimento de Laurindo Brandelli, o Don Laurindo, aos 83 anos. Ele foi um dos pioneiros na reconversão de vinhedos de latada para espaldeira, assim como de uvas americanas para viníferas na Serra Gaúcha, tendo iniciado esse movimento ainda nos anos 1970. Em 1991, ele deu autorização aos filhos que iniciassem uma vinícola própria da família – muito devido a terem de usar as uvas que produziam, já que uma crise no mercado fez com que não houvesse compradores no começo da década de 1990. Deixou que seu nome fosse utilizado “desde que não fizessem besteira”. Laurindo também incentivou o filho, Ademir, hoje diretor da empresa, a estudar enologia e viajar o mundo para adquirir conhecimento e gerenciar a empresa. A família Brandelli está ligada ao vinho desde que Marcelino, avô de Laurindo, chegou da Itália em 1887. Foi Cezar, seu pai, quem adquiriu terras no Oito da Graciema, onde passou a produzir suas uvas. Laurindo deixa seis filhos, oito netos e a esposa, Doracy.

Melhor audição

Segundo um estudo publicado pelo jornal “Alcohol”, o consumo de vinho representa um fator de diminuição da perda auditiva. Para o estudo, foram acompanhadas 65,424 mulheres, entre as idades 27 e 44 anos. Os resultados mostraram que as mulheres que bebiam cinco ou mais taças de vinho por semana apresentar um risco 16% menor de desenvolver perda auditiva. Por outro lado, as que bebiam cinco ou mais cervejas por semana apresentavam um risco 15% maior de aparecimento do transtorno. “Perda auditiva é considerado algo inerente ao processo de envelhecimento. Contudo, a nossa pesquisa mostrou que isso pode ser evitado”, declarou o Dr. Sharon Curhan, do Hospital de Boston, responsável pelo estudo.

Novo presidente

Philippe Sereys de Rothschild foi confirmado em 18 de outubro como novo presidente da corporação da família Rothschild, proprietários de grandes vinícolas da França, como Clerc Milon, d’Armailhac e, a mais famosa, Château Mouton Rothschild. Philippe, que é membro do conselho da empresa desde 2006, sucede a sua mãe no cargo de presidente, a Baronesa Philippine de Rothschild, que faleceu recentemente.

Vinícola de Beckham

Foi divulgado recentemente que o ex-jogador de futebol David Beckham comprou uma vinícola de presente para a sua esposa, Victoria Beckham, em 2008, depois de começar a jogar pelo LA Galaxy. Contudo, diferente de outras celebridades, o jogador manteve segredo sobre a propriedade. Beckham teria comprado a vinícola para poder colocar o nome da esposa no rótulo de um vinho. Em vez de serem vendidas para o público, as garrafas produzidas são distribuídas entre os amigos do casal. A propriedade inclui ainda uma enorme mansão, mas os Beckham raramente são vistos por lá. De acordo com fontes próximas ao astro, não há intenção por parte da família de comercializar o vinho produzido.

Calendário erótico

Os funcionários da vinícola Domaine Marcel Lapierre foram persuadidos por Mathieu Lapierre, um dos donos da propriedade, a se despirem para as fotos de um calendário durante os dias de colheita. “A ideia veio uma noite em que bebemos um pouco”, contou Lapierre, que costuma organizar projetos para documentar a vindima.  As fotos foram tiradas pela eslovaca Misenka Plantaznik que, além de fotógrafa, também trabalha na colheita regularmente. “No começo, estava preocupada que não teria como completar os 12 meses do calendário. No final, tive tantos participantes que precisei dar um jeito de caber todos”, contou Misenka. Cerca de 100 cópias do calendário foram impressas e vão ser dadas aos familiares e amigos do staff da vinícola.

40 anos

Depois de lançar um tinto com quatro variedades para homenagear os 40 anos da vinícola, a Dal Pizzol lançou um espumante Nature. Com apenas 3.541 garrafas, ele é um blend de Chardonnay e Pinot Noir que ficou maturando por 36 meses, feito em método tradicional. Segundo Dirceu Scottá, “um pouco antes do momento do licor de expedição, provamos o vinho, pois nos perguntávamos se este seria um Brut ou um poderia ser um Nature. Nossa conclusão foi que a complexidade e a estrutura dadas pelos 36 meses de amadurecimento sobre as leveduras deram ao vinho uma harmonia, untuosidade e cremosidade de boca para elaborar um belíssimo Nature”.

AD 89 pontos  
DAL PIZZOL 40 ANOS NATURE
Dal Pizzol, Serra Gaúcha, Brasil (R$ 130). Espumante branco Brut Nature elaborado pelo método tradicional a partir de 75% Pinot Noir e 25% Chardonnay, com 36 meses de contato com as leveduras. Apresenta cor amarelo-citrino e perlage fino e persistente. Os aromas de pêssegos, damascos e maçãs estão envoltos por notas florais, tostadas e de frutos secos. No palato, é frutado, estruturado, equilibrado, vibrante e cremoso, tem acidez refrescante, bom volume e final persistente, chamando a atenção pelos agradáveis toques minerais. EM

 

Adega de Mussolini

Uma adega de vinhos transformada em um bunker por Benito Mussolini durante o período da II Guerra Mundial foi aberta ao público no dia 31 de outubro para a visitação. A adega fica no subsolo de uma mansão na cidade de Villa Torlonia, perto de Roma. Em 1942, a adega da casa foi convertida em um abrigo à prova de ataques aéreos em virtude da crescente aproximação das forças aliadas pelo sul da Itália. A propriedade foi alugada por Mussolini em 1925 e a única modificação feita por ele na casa foi o abrigo antibombas no subsolo. Depois da deposição do ditador em 1943, a residência foi usada como base das forças aliadas até 1947 e, posteriormente, abandonada. Em 1977, foi comprada pela cidade de Roma e transformada em museu.

Decanter sônico

Um decanter acionado por celular e que ajuda a desenvolver os aromas e sabores do vinho através de energia ultrassônica? Segundo Charles Leonhardt, inventor do “Sonic Decanter”, seu equipamento pode ser controlado por meio de um aplicativo de smartphone (Sonic Decanter App) e “suavizar” o vinho em apenas 15 minutos, usando uma tecnologia patenteada capaz de alterar a composição molecular e química da bebida, reduzindo os níveis de dióxido sulfúrico, por exemplo. O aparelho, por enquanto, está sendo oferecido em um sistema de crowdfunding até poder ser finalmente comercializado.

Maior produtor do mundo

Os relatórios das colheitas deste ano da Organização Internacional do Vinho (OIV) mostram a França em primeiro lugar entre os maiores países produtores do mundo, com safra estimada em 46 milhões de hectolitros. Assim, o país supera a Itália, que deve ter uma produção de 44 milhões, e retoma a liderança que havia perdido desde 2011. Além disso, segundo os dados, são esperados 271 milhões de hectolitros para a produção mundial deste ano, o que representa uma queda de 6% em relação à vindima de 2013.

Bike

Um projeto da rede de hotéis Dall’Onder, na Serra Gaúcha, quer fazer com que os turistas que visitam a região aproveitem a paisagem em passeios de bicicleta. O “Que tal de bike?” tem quatro roteiros diferentes com níveis de dificuldade variados, mas sempre com apoio de um veículo de suporte e guias especializados, totalizando oito opções de passeios por lugares clássicos como Caminhos de Pedra, Vale dos Vinhedos, Estrada do Sabor e Vale do Rio das Antas. Você pode optar por uma leve pedalada matutina pelos Caminhos de Pedra ou uma travessia mais radical pelo Vale do Rio das Antas durante um dia inteiro. Todos os passeios terminam com visitação e degustação de rótulos das vinícolas locais.

Ascensão

De acordo com um relatório da firma de contabilidade UHY Hacker Young, existem hoje 135 produtores de vinho dentro do território britânico, o número mais alto em 20 anos. O relatório atribuiu esse aumento ao crescente consumo das produções locais e a uma mudança no sistema fiscal. Os 135 produtores mencionados produzem juntos um total de 4,45 milhões de garrafas todos os anos, dentro de 1.884 hectares de vinhedos no país.

Diabetes

Segundo cientistas franceses, o consumo moderado do vinho pode ajudar a prevenir o diabetes tipo 2 em mulheres com sobrepeso, além de outros transtornos físicos. No estudo, foram analisadas 66.485 mulheres, que foram avaliadas sob vários aspectos, incluindo o consumo de vinho durante a vida. Verificou-se que, em mulheres normais, o consumo de até uma taça de vinho por dia está relacionado a uma leve redução do fator diabetes. Porém, no caso de mulheres com sobrepeso, o consumo de duas taças ou mais pode reduzir em proporções muito maiores o risco de diabetes tipo 2. Além disso, foi descoberto que, quanto mais cedo elas começam a tomar vinho, menor é o risco de desenvolver a doença.

Complexo turístico

No começo de novembro, a tradicional Cooperativa Vinícola Garibaldi inaugurou seu novo complexo turístico. Segundo a empresa, a expectativa é superar os R$ 2,6 milhões de faturamento com turismo no próximo ano e receber 70 mil visitantes. “Ganhamos um local amplo, sofisticado com todos os aspectos de acessibilidade atendidos. Criamos um ambiente agradável, moderno como o município de Garibaldi merece”, disse o presidente da Garibaldi, Oscar Ló. O projeto teve investimento de R$ 1 milhão e conta com a linda Cave Acordes, um espaço multiuso para restaurante e auditório, além de uma loja-conceito e sonorização destinada a ampliar os sentidos dos visitantes. O projeto foi desenvolvido pelas arquitetas Caroline Boscaini e Renata Canzi.

Garrafa dos Simpsons

Os designers russos Constantin Bolimond e Dmitry Patsukevich resolveram se inspirar no desenho animado “Os Simpsons” para moldar rótulos de vinho. Eles criaram um par de garrafas com base no visual do casal Homer e Marge Simpson e também se inspiraram no pintor escocês Piet Mondrian, que usava uma paleta de cores composta de branco, preto e as três cores primárias. No contrarrótulo, porém, os designers brincam: “Vinho, ou talvez não?”

 

Sparkling Night Run

Mais de 500 corredores participaram da primeira corrida noturna de Bento Gonçalves no dia 1o de novembro. A Sparkling Night Run teve largada às 20h30 em frente à prefeitura da cidade, na Via del Vino, e percorreu 10 quilômetros pavimentados. O percurso da corrida contou com túneis com luz e som para mostrar a cultura italiana e apresentações de dança e música, além da festa de chegada regada a espumante, obviamente. Uma nova prova nos mesmos moldes está prevista para outubro de 2015.

Da redação

Publicado em 1 de Dezembro de 2014 às 00:00


Mundovino ABE Delto Garibaldi Enólogo do Ano de 2014 Jay-Z Câncer de ovário Drônes Château Mouton Rothschild Don Laurindo

Artigo publicado nesta revista

TOP 100

Revista ADEGA 110 · Dezembro/2014 · TOP 100

Os melhores vinhos do ano 2014