Mundovino


Em boa companhia

Alguns poucos e felizardos convidados da Revista ADEGA tiveram o prazer de dividir bons momentos ao lado dos enólogos John Duval - um dos maiores nomes da Austrália - e Felipe Tosso - da Ventisquero, no Chile - no dia 26 de abril, no restaurante Emiliano. Ao fim do evento enogastronômico, oferecido pela importadora Cantu, os participantes foram presenteados com uma garrafa do Pangea 2005, trabalho conjunto dos enólogos na famosa região de Alpalta, Chile.

Norio Ito

Do Douro e do Porto

Ultimamente, os vinhos de nossos patrícios estão cada vez chamando mais a atenção do mercado nacional. Tanto que, no dia 28 de abril, mais de 400 pessoas participaram de uma degustação promovida pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto. Foram apresentados cerca de 350 fermentados produzidos por 70 vinícolas, que compreendiam 28 importadoras nacionais, no Hotel Unique, em São Paulo. O evento teve degustação de vinhos do Douro comentada por Carlos Cabral e harmonização de vinhos do Porto com doces coordenada por José Maria Santana.

Da Madeira também

Além do Douro e do Porto, os vinhos da Ilha da Madeira também atraíram pessoas. Em 6 de maio, um grupo de produtores do IVBAM (Instituto do Vinho, do Bordado e Artesanato da Madeira) organizou um almoço harmonizado pelo chef Sergio Arno, do Vecchia Cuccina, em São Paulo. Nele, o enólogo Francisco Machado de Albuquerque explicou os detalhes destes vinhos especiais.

Vinho Santo

O chef francês Roland Villard, "embaixador" da região de Languedoc Roussillon no Brasil, anunciou que gostaria de leiloar vinhos em Tiradentes, Minas Gerais, para restaurar igrejas da cidade. A ideia surgiu após ele ter participado, na França, do festival "Toques et Clochers", famoso por promover leilões de vinhos e arrecadar dinheiro para a recuperação de igrejas locais. O objetivo de Villard é conseguir uma parceria para fazer algo parecido aqui no Brasil em agosto.

Vinho Nada Santo

De acordo com uma pesquisa feita pelo Hospital Santa Maria Nuova de Florença, beber uma ou duas taças de vinho tinto por dia aumenta a libido feminina. O estudo foi feito com 789 mulheres italianas de 18 a 50 anos. Segundo a pesquisa, o vinho tinto não só ajuda a reduzir a inibição como também tem efeito direto na atividade sexual.

"HOMEM DO ANO" NO BRASIL

Nicolás Catena Zapata, um dos maiores nomes do vinho da Argentina e recémeleito "Homem do ano" pela revista britânica Decanter, veio ao Brasil em maio para uma visita e aproveitou para celebrar a indicação de um produtor sul-americano ao prêmio pela primeira vez desde 1984, quando foi instituído. Nestes 25 anos, nomes como Piero Antinori, Robert Mondavi, Jancis Robinson, Ângelo Gaja, Georg Riedel, Michael Broadbent, entre outros grandes, já foram laureados pela revista. Em conversa com a imprensa no Brasil, Catena Zapata se disse surpreso com a distinção recebida, pois acreditava que a publicação britânica tinha olhos quase que exclusivos para os produtores franceses de Bordeaux e Borgonha. O argentino se disse feliz pelo reconhecimento, que, para ele, não é somente de sua vinícola, mas de uma região tão importante como Mendoza, que agora é comparada às grandes áreas viticultoras do mundo.

Christian Burgos

Do Douro e do Porto

Ultimamente, os vinhos de nossos patrícios estão cada vez chamando mais a atenção do mercado nacional. Tanto que, no dia 28 de abril, mais de 400 pessoas participaram de uma degustação promovida pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto. Foram apresentados cerca de 350 fermentados produzidos por 70 vinícolas, que compreendiam 28 importadoras nacionais, no Hotel Unique, em São Paulo. O evento teve degustação de vinhos do Douro comentada por Carlos Cabral e harmonização de vinhos do Porto com doces coordenada por José Maria Santana.

#Q#

NEM PINTADA DE OURO

A socialite Paris Hilton bem que tentou, mas não conseguiu alavancar as vendas do vinho austríaco em lata Rich Prosecco. A campanha publicitária da marca - na qual Paris aparece completamente nua, dourada, rastejando pelo deserto de Mojave, na Califórnia - foi um fracasso. Ainda assim, o austríaco Guenther Aloys, dono da Rich Prosecco, garantiu que a herdeira dos hotéis Hilton continuará estrelando os anúncios de seu vinho enlatado. "Ela é perfeita para o nosso produto. Nós já estamos com várias campanhas novas engatilhadas", afirmou.

NO MIOLO DA INGLATERRA

A Miolo Wine Group, primeira vinícola brasileira a ter um fermentado no Buddha Bar (um dos mais badalados de Londres), anunciou o lançamento de novos vinhos na carta de outros restaurantes internacionais, entre eles o Benares (Inglaterra), o CN Tower (Canadá) e o Hotel Le Meridien (Emirados Árabes). A inserção de produtos em pontos sofisticados e conhecidos mundialmente é uma das estratégias para "agregar valor à marca", que em 2008 vendeu 22,2 mil garrafas só na terra da rainha Elizabeth.

OBAMA, BOM SÓ NO SEGUNDO MANDATO

Elegante, mestiço, aromas de canela e baunilha. Assim é "Obama", o novo vinho tinto produzido por Angela Bousquet- Keita, originária da República da Guiné. Angela afirma que "Obama" foi a forma que encontrou para homenagear o primeiro presidente negro dos Estados Unidos. Segundo ela, "Obama será um bom vinho só daqui quatro anos. Convém guardá-lo para servi-lo durante o segundo mandato".

COMO ESTOU DIRIGINDO?

A vinícola Allegrini, da região do Vêneto, lançou uma campanha inédita na Itália: dará uma garrafa de vinho para motoristas acompanhados que não consumirem álcool durante jantares em restaurantes. De acordo com a proprietária da vinícola, Marilisa Allegrini, a iniciativa pretende estimular os italianos a beber em casa, sem que estes deixem de frequentar os restaurantes, principais pontos de venda de vinho no país. Todos os motoristas cadastrados no site da vinícola que seguirem o regulamento da campanha serão recompensados com uma garrafa de Palazzo della Torre.

Norio Ito

2009: O ANO DO CHILE NO BRASIL

As vinícolas chilenas De Martino, Terranoble, Villard e El Principal estiveram presentes no estande da importadora Decanter na última edição da Expovinis - realizada entre os dias 5 e 7 de maio - para apresentar ao público brasileiro as novidades do Novo Mundo. Segundo os diretores da importadora, "2009 será o ano do Chile no Brasil".

SACADA

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) lançou, em maio, um saca-rolhas como logomarca dos vinhos do Brasil no exterior. O objeto, que parece um cacho de uvas estilizado, é assinado pelos reconhecidos designers Humberto e Fernando Campana (foto acima). O saca-rolhas será distribuído em feiras e eventos relacionados ao vinho e ainda não tem data para chegar ao mercado.

CASAL APIMENTADO

Segundo pesquisa feita na Itália com 110 sexólogos e nutricionistas, a combinação entre pimenta e vinho tinto é mais afrodisíaca do que Champagne com ostras, consumidos principalmente na França. Os especialistas afirmam que a pimenta e o vinho são responsáveis por estimular hormônios que promovem a dilatação dos vasos, aumentando a sensação de prazer durante o ato sexual.

NÃO SOU CACHORRO NÃO

A empresa Bark Vineyeards lançou uma série de alimentos para cachorros e gatos que vêm dentro de garrafas de vinho. Segundo a companhia, os produtos não contêm álcool e estão certificados por órgãos reguladores. Um dos "vinhos" mais famosos é o Sauvingnon Bark (latido, em inglês), que na verdade é uma sopa de frango com hortaliças.

SELO APROVADO?

A Câmara Setorial do Vinho encaminhou à Receita Federal a solicitação da adoção do controverso "Selo Fiscal" para os vinhos, alegando se um meio para coibir o contrabando e descaminho de produtos importados. Contudo, o debate em torno do assunto no setor continua acirrado, pois a aplicação do selo implicaria em aumento de preço e há exemplos de outros países em que a medida não funcionou.

Da redação

Publicado em 25 de Maio de 2009 às 08:08


Mundovino

Artigo publicado nesta revista