Revista ADEGA
Busca

Vinho e churrasco

Na brasa: os vinhos certos quando a comida tem sinais de fumaça

Boi, porco, frango, peixe e legumes: na grelha, eles ganham características especiais e pedem vinhos adequados para elas


Vinho combina sim com churrasco, independente do estilo deles
Vinho combina sim com churrasco, independente do estilo deles

Para todo tipo de churrasco, há um vinho que combine. Seja um estilo, seja uma casta, seja para carne vermelha, para carne branca ou mesmo churrasco vegetariano. Confira abaixo as dicas para harmonizar vinho com o seu estilo de churrasco!

Boi

  • De uma maneira geral, o clássico Malbec argentino tem taninos para segurar a gordura de tantos cortes e estrutura para envolver e harmonizar com os toques esfumaçados.
  • A Tannat, especialmente com uma vinificação mais moderna, com mais fruta e menos madeira, também vai muito bem, obrigado.
  • Cabernet Sauvignon, seja qual for o estilo, é igualmente um tiro certo

Lacertilia Tannat 2020

Lacertilia Tannat 2020 - AD 89 pontos - Bracco Bosca, Canelones, Uruguai

Tem bom volume de boca, acidez pronunciada e taninos numerosos que vão surpreender com uma carne vermelha.

Porco

  • Quando as peças suínas vão para a brasa, ganham uma característica toda especial. Por isso, vinhos “especiais”, com um pensamento fora da curva. Ponha na mesa Riesling ou Gewürztraminer. Seja uma, seja o outro nos levam para uma viagem das mais interessantes, ao abrir tanta fruta adocicada e untuosidade, conduzidos pela fumaça. 
  • Para tintos, dica é buscar vinhos de corpo médio e com boa acidez. Um Tempranillo Jovén, um Carménère ou um Monastrell são vinhos que vão bem com um porquinho na grelha.

Pinoso Cepa 50 Viñas Viejas Monastrell 2019

Pinoso Cepa 50 Viñas Viejas Monastrell 2019 - AD 91 pontos - Pinoso, Alicante, Espanha

Elegante e profundo, este vinho com certificação vegana é elaborado com  Monastrell de vinhas velhas de mais de 45 anos cultivadas de modo orgânico em solos calcários, a 600m de altitude.
Estrelas do Brasil Brut Clássico

Estrelas do Brasil Brut Clássico - AD 92 pontos - Estrelas do Brasil, Nova Prata e Faria Lemos, Brasil

Quer surpreender? Brut branco irá cair muito bem com a carne de porco. Esta é uma das melhores versões desse espumante branco brut, senão a melhor. Equilibrado, fluido, cremoso e muito gostoso de beber, convida sempre a mais um gole.

Frango

  • Aqui não tem mistério, mesmo quando coxas, sobrecoxas e asinhas estão tostadas e impregnadas de fumaça: Cabernet Franc é uma grande pedida, especialmente os vinhos do novo mundo. Eles têm frutas e boa acidez, que limpam o palato, mas, ao mesmo tempo, provocam o sabor da carne branca.
    Outra opção que cai muito bem um vinho branco mais encorpado. Um Chardonnay com passagem por madeira por exemplo ou um Viognier terão o corpo para acompanhar a carne de frango.

Famille Bougrier Confidences Cabernet Franc 2019 - AD 92 pontos - Famille Bougrier, Loire, França

A melhor expressão da Cabernet Franc em um dos seus melhores terroirs, o Vale do Loire.

Peixe

  • Na brasa, os pescados ficam com a pele bem tostada e a carne bem molhada, suculenta. Para isso, vale dizer, usar sempre postas de altura média (uns dois, três centímetros). Desse modo, seja qual for o peixe, vinhos com Sauvignon Blanc vão maravilhosamente bem. Ele traz aromas de frutas cítricas, ervas e ótima acidez que equilibram o tostado e a suculência – sem perder a ternura, jamais.
    Rosés, numa gama beeeem variada, e tintos leves, bem refrescados, também vão muito bem.
    Cá entre nós, os tintos com baixa carga tânica como alguns Pinot Noirs, Gamays e até Garnachas nos levam para uma experiência muito interessante...

Altosur Reserve Sauvignon Blanc 2020

Altosur Reserve Sauvignon Blanc 2020 - AD 90 pontos - Finca Sophenia, Mendoza, Argentina

Branco fresco e equilibrado elaborado com a aromática Sauvignon Blanc em Tupungato,  a 1300 metros acima do nível do mar, sob condições que valorizam ainda mais sua tipicidade.

Legumes

  • Ok, você é vegano! Para os vegetais na brasa um rosé delicado e levemente herbáceo é a melhor pedida. Ele vai casar bem com a grande maioria dos legumes, com estrutura para suportar a fumaça que, invariavelmente, fica impregnada neles.
  • Rosés da Provence trazem ainda boa acidez e refrescância na medida certa.
Casillero del Diablo Devil's Collection Rosé 2020

Casillero del Diablo Devil's Collection Rosé 2020 - AD 90 pontos - Concha y Toro, Vale Central, Chile

Um rosé elegante e versátil para celebrar os melhores momentos em dias quentes ou à mesma com as mais distintas harmonizações.

André De Fraia
Publicado em 12/07/2022, às 07h40 - Atualizado às 11h00


Mais Harmonizações