Revista ADEGA

O serviço do vinho

Saber abrir a garrafa de vinho é o primeiro passo da degustação. Acompanhe uma aula do sommelier João de Souza sobre o tema

João De Souza em 24 de Julho de 2007 às 06:16

Guardar
A garrafa deve ser sempre guardada na posição horizontal para manter a rolha em contato com o líquido. Dessa forma evitamos seu ressecamento e, conseqüentemente, a entrada de ar na garrafa, o que é fatal para o vinho. A temperatura deve ser constante, sem variações bruscas. É ideal que o ambiente esteja entre 15 e 18 graus, com umidade aproximada de 75%.

Deve-se evitar resíduos, claridade e aromas fortes no local.


Movimentar

Ao retirar o vinho da adega é preciso movimentá-lo com cuidado. Não agite a garrafa e nem deixe que as mãos esquentem o vinho.


Servir

O vinho deve ser servido na temperatura correta. O primeiro procedimento é cortar a cápsula na parte superior, tomando cuidado para que não fiquem rebarbas.

Em seguida, retira-se cuidadosamente a rolha, evitando, desta forma, parti-la.

É preciso também tomar cuidado para que ela não seja perfurada até o final e seus resíduos caiam no vinho.


A próxima etapa é examinar a elasticidade da rolha para avaliar se ela não está ressecada. Depois, conferir seu aroma para certificar-se da ausência de defeitos que comprometam o vinho.


Para servir, atente para a quantidade. Nunca encha a taça. O vinho deverá ocupar apenas um terço de seu volume, pois será preciso espaço para agitar a taça, possibilitando ao vinho desprender seus aromas.


Examine-o visualmente, olfativamente e gustativamente. Sirva-o somente com a certeza de que ele está perfeito.

#Q#

Espumante
Este vinho requer cuidados especiais na hora de servir. Após retirar o gelo e secar a garrafa, tire a cápsula com cautela e mantenha sempre o polegar sobre a rolha, para evitar que ela saia sozinha. É importante também que não sacuda a garrafa e não estoure a rolha, fazendo-a perder o perlage.

Segure firme a rolha e gire vagarosamente a garrafa até abri-la, sem fazer qualquer ruído. Sirva uma pequena quantidade e espere a espuma baixar.

Depois complete até 3/4 da taça.

Aeração
É usada para vinhos ainda muito jovens ou com os aromas muito fechados. O objetivo é fazer com que a maior quantidade possível da bebida entre em contato com o ar. Para isto, basta abrir a garrafa e despejar o vinho no decanter, mantendo o máximo de distância possível. Sirva-o em seguida.

Decantação
Vinhos com mais de cinco anos de idade podem apresentar depósitos, porém isso não é defeito. Para decantar, deve-se primeiro cortar a cápsula na vertical, de baixo para cima, para retirá-la por inteiro. Esse procedimento permite que se avalie o estado da rolha, pois ela tende a se desmanchar com o passar do tempo.

A decantação serve para evitar que o depósito apareça no momento em que o vinho é servido. Acende-se uma vela para que seja possível ver, através do gargalo, o avanço dos depósitos.

É preciso ter cuidado ao verter o vinho no decanter, para que os sedimentos não se movimentem, misturando- se à bebida. É necessário também deixar um pouco de vinho na garrafa, com os resíduos.


Escola do vinho

Artigo publicado nesta revista


Supertoscanos

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
PDF/Android
1 ano
iPad/iPhone
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaPDF/AndroidiPad/iPhone
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241212
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 216,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 56,70R$ 56,70
Desconto
EconomizaR$ 159,30R$ 159,30
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas