Vinícola eslovena homenageia Melania Trump

O First Lady reverencia a primeira dama americana


Antes de se tornar Melania Trump ao se casar com o magnata e agora presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Melanija Knavs (seu sobrenome de solteira) nasceu em Novo Mesto, na Eslovênia, em 1970.



Ao se tornar modelo, migrou para os Estados Unidos, onde conheceu seu atual marido. Ao ver a compatriota ser elevada à condição de primeira dama, um produtor de vinho esloveno resolveu homenageá-la criando o rótulo First Lady. Assim que foi colocado à venda no Castelo Sevnica, 300 garrafas foram vendidas de imediato e mais 2 mil foram produzidas para abastecer o estoque da loja de dentro da edificação do século XII. 

O vinho é feito com a uva Blaufränkisch, também conhecida lá por Modra Frankinja, e está sendo vendido por 27,9 euros. “Algumas pessoas sugeriram que vendêssemos a 500 euros, mas acho que esse é um preço justo”, afirmou Rok Petančič, gerente do castelo. Há outros produtos da linha “First Lady”, como um salame, chocolates e cremes de beleza.

Apesar de a primeira dama ter contratado uma empresa de advocacia para proteger
seus direitos na Eslovênia, Petančič não se diz preocupado e revela: “Acho que esta é a melhor forma que podemos promover nossos produtores de vinhos, nosso turismo e Blaufränkisch como uma variedade, o que é importante para nós que queremos nos tornar um centro para a Blaufränkisch. Ainda temos muito trabalho a fazer”. 

>> VINÍCOLA TRUMP
Vale lembrar que Donald Trump possui uma vinícola na Virgínia. A Trump Winery é gerida por Eric Trump, um dos filhos do atual presidente dos Estados Unidos.

Da redação

Publicado em 19 de Dezembro de 2017 às 07:26


Notícias

Artigo publicado nesta revista