Revista ADEGA
Busca

Icewine

Você já bebeu o vinho do gelo, feito a partir de uvas colhidas a -10º C?

O icewine é licoroso e adocicado, feito com Riesling, Carbenet Franc, Pinot Noir, Syrah e Vidal, na maior parte das vezes


Imagem Você já bebeu o vinho do gelo, feito a partir de uvas colhidas a -10º C?

Conta a história que na Alemanha do século 18, um viticultor viajou para longe a negócios e, quando voltou para casa, as uvas de suas videiras já estavam congeladas e maduras. Mesmo assim, o produtor as colheu e criou o primeiro Eiswein ou ice wine, o vinho do gelo.

Com seu método de produção único, o vinho do gelo é feito em locais de temperatura baixa e comumente suas vinhas são compostas pelas castas Riesling, Carbenet Franc, Pinot Noir, Syrah e Vidal.

O ice-wine é uma bebida difícil de conceber. Se a nevasca for baixa, as frutas podem apodrecer e, se for muito rígida, as uvas não gerarão nenhum suco.

No Canadá, o maior produtor do mundo do estilo, as condições de crescimento e produção do vinho gelado são rigorosamente protegidas pela Vintners Quality Alliance (VQA), um programa reconhecido internacionalmente que define os padrões e a certificação dos vinhos.

Mesmo assim, o produtor as colheu e criou o primeiro Eiswein ou ice wine, o vinho do gelo.
O Eiswein ou icewine é um vinho típico de países frios como o Canadá

Em uma safra habitual, as uvas são colhidas em um clima estável, variando entre - 8ºC e -10°C. A colheita deve ser realizada à noite, horário propício para uma temperatura estável que não comprometa a integridade produtora das frutas.

Após a primeira etapa, as uvas são prensadas. Neste momento, elas estão muito duras e ao serem esmagadas liberam todo o gelo, que não se mistura com o sumo, deixando um suco superconcentrado.

O mosto não pode ser refrigerado artificialmente, somente no processo de fermentação no tanque, que demora de três a quatro meses. O ice wine só pode possuir açúcar residual e seu álcool deve ser resultado do açúcar natural das uvas.

A bebida somente é produzida em poucos locais, afinal conseguir as condições climáticas ideais não são exatamente simples. Assim os grandes produtores são Canadá, Alemanha, Áustria e Suíça.

Redação
Publicado em 20/07/2022, às 12h30


Mais Escola do vinho