Vinícolas do mundo

Concha y Toro é a maior vinícola da América Latina com time de enólogos e linhas diversas


 

A vinícola se tornou a principal produtora de vinho da América Latina, ela tem uma posição de destaque entre as mais importantes empresas de vinho do mundo e está presente em mais de 130 países

A maior vinícola do Chile e da América Latina tem mais de 9.000 hectares de vinhedos nas principais zonas do país, desde Limarí até Maule. Fundada em 1883 pelo político e empresário
Melchor Concha y Toro, a empresa iniciou um século mais tarde uma revolução interna na mão da família Guilisasti e do gerente geral Eduardo Guilisasti.

Esse processo, que os levou a liderar a indústria, esteve focado em modernizar a vinícola e particularmente em expandir seus vinhedos e encontrar os terroirs adequados para suas diferentes linhas, que hoje vão desde a massiva Frontera até ícones como Don Melchor.

 

A vinícola Casillero del Diablo, onde a lenda do vinho começou, oferece excursão com direito à passeio pelos jardins do século 19, pela residência de verão da família e pelas vinhas de Pirque Viejo

 

LEIA MAIS

» Como abrir um vinho com saca-rolhas? Um manual ilustrado para você não se intimidar

» Herdade do Esporão resume Portugal para além dos vinhos na véspera dos 50 anos

 

Há vários enólogos, cada um encarregado de distintas marcas. Entre eles Ignacio Recabarren (Trío, Terrunyo, Amelia, Carmín de Peumo), Enrique Tirado (Don Melchor, Gravas) e Marcelo Papa (Casillero del Diablo, Marques de Casa Concha).

 

Uma das prioridades da vinícola é a gestão ambiental e proteção da biodiversidade, por meio de um Programa de Conservação de Florestas Nativas, que busca proteger os mais de 3.270 hectares de florestas esclerófilas e arbustos existentes em suas propriedades

A companhia tem além disso várias vinícolas filiais, manejadas de maneira independente, como Cono Sur, Maycas del Limarí e Trivento, na Argentina.

 

» Para ver os melhores vinhos avaliados da Concha y Toro, clique aqui

 

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 20 de Julho de 2020 às 15:00


Notícias