Revista ADEGA

Eventos do mundo do vinho

Da redação em 7 de Outubro de 2010 às 13:09

Ato sincero
Num ato inspirado por honestidade e perfeccionismo, o enólogo Juan Manuel Vetas jogou fora mais de três mil litros da safra 2007 de sua vinícola, em Ronda, na Espanha. O produtor anunciou que a bebida não havia atingindo as expectativas de qualidade esperadas por sua vinícola e despejou 3.600 litros de vinho tinto nas terras de seus vinhedos.

"Estourando" recordes
Em uma disputa para saber quem tinha mais dinheiro, dois bilionários quebraram um recorde mundial em julho deste ano. Zhen Low, irmão mais novo do executivo malasiano Jho Low, e Winston Fisher, um dos sócios da imobiliária nova-iorquina Fisher Brothers, resolveram ver quem gastava mais em champanhe durante uma noite em uma boate em Saint- Tropez. A competição, presenciada pela socialite Paris Hilton, foi vencida por Low, que gastou US$ 2,6 milhões em espumantes, estabelecendo um novo recorde mundial.

Relicário
A joalheria norte-americana Phillips Frankel aproveitou a Semana de Moda de Nova York para lançar seu último produto: um colar portarolha. Feito para os enófilos mais sentimentais, que gostariam de carregar consigo a lembrança de seus vinhos favoritos, a Memory Cork pode ter 14 ou 18 quilates de ouro, ou ainda 24 quilates de vermeil. Para aqueles que gostariam de dar seu próprio toque pessoal ao colar, as rolhas podem ser adornadas com diamantes e pedras semipreciosas.

Patrimônio cultural delicioso
Em sua próxima sessão em novembro, a Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO) decidirá se a Dieta do Mediterrâneo será incluída na lista dos Patrimônios Culturais Imateriais da Humanidade. A candidatura foi idealizada pelo governo espanhol e apoiada por Itália, Grécia e Marrocos. Na lista, que abrange todo o tipo de cultura que as comunidades mundiais reconheçam como parte de seu patrimônio cultural, estão itens como a ópera tibetana e o tango argentino.

Para os esquecidos
O designer norte-americano George Lee acaba de criar um produto que promete revolucionar a vida dos enófilos mais distraídos. Trata-se de uma rolha metálica com um marcador que permite registrar o dia exato em que a garrafa foi aberta. Feito de aço inoxidável fosco, o produto chamado "A Date with wine" não interfere no sabor da bebida, além de ser um ornamento moderno e sofisticado para colocar em seus vinhos.

Desde pequeno
Em setembro, um livro sobre a cultura do vinho, destinado a crianças de sete a 12 anos foi lançado na França. Vignes et Vins: Un Monde a Decouvrir (Vinhas e Vinhos: Um Mundo a Descobrir) de Sandrine Duclos e Cécile Gallineau conta a história do vinho desde o Império Romano até os dias atuais. Com uma linguagem clara e a ajuda de ilustrações, as autoras esperam mostrar aos "petit français" a importância da bebida na história e cultura de seu país.

#Q#

Menos é mais
A Itália está esperando uma colheita um pouco mais escassa este ano. Segundo a Unione Italiana Vini, a previsão é de que a campanha 2010 seja 1% menor do que a anterior, produzindo algo em torno de 45 milhões de hectolitros. A diminuição da colheita italiana se deve principalmente à reforma vitivinícola europeia, que oferece dinheiro a vinicultores para que eles arranquem parte de seus vinhedos. Além disso, muitos procuraram podar mais de suas vinhas em busca de uma qualidade melhor.

Cabinet soo-vig-non?
Uma pesquisa realizada no Reino Unido mostrou que três em cada 10 britânicos têm a intenção de se tornar um enófilo. No entanto, grande parte deles ainda comete erros básicos na hora de pedir e degustar a bebida. Entre as gafes mais cometidas pelos voluntários estavam: pedir uma fatia de limão no vinho; reclamar que o garçom não encheu a taça o suficiente, quando, na verdade, ele está esperando que o consumidor faça a degustação inicial; e pronunciar errado o nome de bebidas, marcas e uvas. Segundo a pesquisa, os cinco erros mais comuns na pronuncia dos entrevistados eram:
1- Sémillon: pronunciado Semi-lon
2- Viognier: pronunciado Vog-ner
3- Syrah: pronunciado Sarah
4- Pinot Noir: pronunciado Pea-not Noi-er
5- Cabernet Sauvignon: pronunciado Cabinet Soo-Vig-Non

Eu nunca bebo... Vinho
Uma agência de turismo na Romênia resolveu aproveitar a moda vampiresca do cinema e da televisão para lançar um tour inesquecível. Trata-se de uma viagem de oito dias passando por locais históricos da vida de Vlad, o Empalador - príncipe do século XV que inspirou o Bram Stoker a escrever Drácula - e visitas às principais regiões vitivinícolas do país. Degustações em diversas adegas romenas serão intercaladas com visitas a lugares lendários, como o Castelo de Drácula e o Monastério de Cozia.

Reconhecimento
Um arcebispo da Geórgia foi premiado com o Masi International Wine Prize por seus serviços à indústria de vinhos de seu país. Sergi Chekurishvili de Nekressi se juntou a uma lista de importantes nomes do setor vitivinícola mundial, como o de Emile Peynaud, um dos mais renomados enólogos de Bordeaux; e a lenda do Napa Valley, Robert Mondavi. Segundo o comitê Masi, a escolha de Sergi para o prêmio se deu por seu auxílio aos enólogos da Geórgia, que atualmente passam por um período difícil. Desde 2006, a Rússia não compra vinhos georgianos, alegando que eles contêm ingredientes venenosos. Os russos eram responsáveis por 80% das exportações da bebida.

#Q#

Mudança
Desde o final de agosto, os produtos da importadora Reloco estão sendo comercializados sob a marca Devinum (Distribuidora Brasileira de Vinhos S/A). Inaugurada em setembro deste ano, a nova importadora está localizada no Rio de Janeiro e representa uma maior presença do grupo espanhol Torres no Brasil.

Gigante asiático
A China se tornou o principal mercado de destino dos vinhos Bordeaux. Segundo o Conselho Interprofissional dos Vinhos Bordeaux (CIVB), nos últimos cinco anos, as vendas das bebidas da região francesa para o gigante asiático dobraram a cada ano. Esse crescimento rápido e forte fez com que o mercado chinês ultrapassasse o britânico em valor e o alemão em volume, ocupando o primeiro lugar na lista de principais destinos para os lendários vinhos franceses.

Propaganda em quadrinhos
Em março deste ano, Jean-Pierre Amoreau viu a procura pela safra 2003 de seu vinho aumentar absurdamente no Japão. Ao ligar para seu agente em Tóquio, o proprietário do Château le Puy descobriu que a série de gibis Drops of God havia dedicado um episódio à bebida. Drops of God começou a ser publicada em 2004 e, desde então, virou um fenômeno no mercado de vinhos internacional. A série conta a saga de um rapaz que precisa identificar 13 vinhos que estão no testamento de seu pai. As bebidas são de safras que realmente existem, como o Château Lafleur 1994 e o Château Palmer 1999, e seus produtores viram a demanda por essas bebidas aumentar desde que saíram os gibis sobre elas.

Ano novo sem estouros
Até o final deste ano, Durval-Leroy, uma das maiores casas de champanhe do mundo, irá começar a selar suas garrafas com tampas de alumínio. Esta será a primeira vez em 350 anos de história que a cortiça não será utilizada para lacrar um espumante e a decisão deixou o mudo do vinho surpreso. Muitos produtores estão apreensivos e temem que a mudança se torne uma tendência, fazendo com que um dos mais prazerosos rituais de se beber champanhe - o ato de estourar a rolha - se perca.

#Q#

Pega ladrão!
Entre os dias 15 e 20 de setembro, 1,25 tonelada de vinhas Mourvèdre - avaliada em US$ 4 mil- foi roubada de uma vinícola localizada em Red Mountain, região de Washington, nos Estados Unidos. Até o momento a polícia não encontrou nenhum suspeito. "O mais frustrante é que esperamos três anos para ver o que aquelas vinhas produziriam", disse Ryan Johnson, gerente e sócio da vinícola Grand Rêve. Mourvèdre é uma uva tinta, tradicional do Vale do Rhône, na França, cultivada em apenas algumas regiões em Washington.

Escola móvel
Em meados de novembro, bares de vinho móveis começarão a percorrer as ruas do Reino Unido em nome da nova campanha "Get Wine Wise" (algo como "Compre vinho com sabedoria"). Numa tentativa de educar o consumidor sobre a cultura do vinho até as festas de final de ano, cada uma das 25 maiores lojas das redes Tesco e Sainsbury's receberão dois bares móveis para circular pelos arredores britânicos. Eles estarão munidos com uma seleção de bebidas de diversas partes do mundo.

Gilmar Gomes

Homenagem brasileira
No dia 25 de setembro, o cardiologista Jairo Monson de Souza Filho e o engenheiro agrônomo Luiz Antenor Rizzon foram homenageados pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) com o Troféu Vitis Amigo do Vinho Brasileiro e Enológico, respectivamente. A distinção ocorreu durante a 18ª Avaliação Nacional de Vinhos e premia aqueles que contribuem para a promoção e valorização dos vinhos do Brasil. Jairo Monson é autor de diversos capítulos de livros, revistas e jornais científicos sobre os benefícios do vinho à saúde. Já Luiz Antenor Rizzon produziu estudos que se tornaram referência e fonte de pesquisa para enólogos de todo o País.

#Q#

Comunhão sem vinho?
A Arquidiocese Primada do México alertou sobre uma crise de abastecimento de vinho em suas paróquias. Em julho, as vinícolas Casa Pedro Domecq e Casa Madero, tradicionais produtoras da bebida destinada exclusivamente ao uso da Igreja, suspenderam a sua produção. Segundo Hugo Valdemar, porta-voz da Arquidiocese, se não houver uma reativação da produção de vinho para a comunhão no México, a diocese deverá recorrer à importação.

20 Vinhos para três dias
Para seu conforto durante a estadia em terras cariocas, a cantora canadense Diana Krall exigiu 20 garrafas de vinho em seu camarim no teatro "Oi Casa Grande", onde ela se apresentou no dia 20 de setembro. Entre as bebidas, estavam um Domaine Villaine, o vinho branco do famoso Romanée-Conti, um Domaine Michelot Meursault Grands Charrons 2006 e um Olivier Leflaive Pommard 2006. Diana permaneceu durante três dias no Rio de Janeiro.

Na boca do gol
Alguns meses depois de anunciar que começaria a produzir vinhos, o herói do primeiro título da Espanha na Copa do Mundo de futebol, Andrés Iniesta, afirmou que, em breve, apresentará sua primeira safra. "Na semana passada começamos a colheita, a primeira de nossas bodegas. Promete ser uma colheita muito boa e, com isso, espero poder apresentar meu vinho bem rápido", escreveu em seu Facebook, no dia 17 de setembro, o autor do único gol da final do torneio diante da Holanda. A bodega está localizada em sua cidade natal, Fuentealbilla e deverá produzir tintos, brancos e espumantes.

Vinho cinco estrelas
Spas do vinho, uma adega com 25 mil garrafas, jantares com enólogos toda quinta-feira e uma carta que muda semanalmente para harmonizar com o cardápio da cozinha são apenas algumas das atrações do hotel The Yeatman, inaugurado no dia 26 de setembro, na cidade do Porto, em Portugal. Localizado acima das cidades históricas do Porto e Vila Nova de Gaia, o novo hotel da The Fladgate Partnership possui 82 quartos, com vista para o Rio Douro. O presidente de Portugal, Aníbal Cavaco Silva foi o primeiro cliente a ocupar a suíte presidencial.

Refil dos sonhos
Alguns supermercados na França estão utilizando um novo serviço: máquinas refil de vinhos. Contendo 500 ou 1000 litros, esses "tanques" foram criados inspirados por dois fatores: preocupação ambiental e economia. Como a embalagem de vidro não é utilizada, o produto não só se torna mais barato e sustentável. A redução de custos é passada para o consumidor através de preços baixos, já que um litro de vinho da maquina custa 1,45 euro.


Mundovino

Artigo publicado nesta revista


Gran Reserva

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas