Realidade aumentada

Laboratório de universidade canadense quer analisar como o ambiente influencia nas escolhas de vinho


A Universidade de Brock, em Ontário, Canadá, criou o primeiro laboratório de realidade aumentada, virtual e sensorial do mundo, que conduzirá experimentos sobre como o ambiente sensorial de uma pessoa influencia suas escolhas de vinho. 

 

Os degustadores serão virtualmente transportados para diferentes ambientes, como uma vinícola durante o inverno ou um bar durante o verão, para ver como a visão, o som e o cheiro influenciam a forma como escolhemos e apreciamos o vinho. A pesquisa pretende ajudar a melhorar o mercado de vinhos canadenses e reforçar a indústria vinícola de Ontário. 

“Nem tudo sobre o gosto do vinho é apenas o gosto do vinho, é toda a experiência. Ajudar os pesquisadores de Ontário a criar descobertas revolucionárias ajudará a avançar a tecnologia e impulsionar o crescimento econômico em toda a província”, afirmou Debra Inglis, da Universidade de Brock. O laboratório, que custou US$ 1 milhão, deve ser aberto em abril, e recebeu uma subvenção governamental de US$ 960 mil para financiar seus experimentos.

Da redação

Publicado em 2 de Abril de 2018 às 11:49