Revista ADEGA

Wines of Argentina

Da redação em 19 de Maio de 2006 às 15:02

fotos: divulgaçãoPara quem gosta de apreciar um bom vinho argentino, o evento foi como uma benção. Entre os dias 02 e 11 de maio, o Wines of Argentina trouxe novamente para o Brasil grandes produtores do país vizinho, que hoje exporta cerca de 1,2 milhões de caixas de vinho por ano para o mercado brasileiro. Em sua nona edição, o evento, que está presente em 14 países e 25 cidades do mundo, apresentou cerca de 40 vinícolas que representavam seus principais produtores.

#R#

As cidades escolhidas para abrigar o evento deste ano foram Brasília, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. No Rio de Janeiro, além do vinho em si, diversas atividades movimentaram e uniram os produtores argentinos e a sociedade carioca no Copacabana Palace, com destaque para os shows de tango e de escola de samba.

fotos: divulgaçãoBons ares
O interesse pelo vinho argentino vem crescendo consideravelmente ao longo da última década. Foram investidos cerca de um bilhão de dólares na indústria vinícola argentina, e hoje, não só os grandes vinhos e a boa relação preço X qualidade atraem a atenção e o interesse da comunidade global, mas também a grande diversidade de solo, clima e temperatura do país: "a Argentina foi favorecida em relação ao plantio da uva. Nós temos uma gigantesca diversidade, que contribui na composição do estilo do vinho", conta Fernando Farré, diretor geral da Wines of Argentina.

A grande altitude e as expressivas variações de temperatura entre o dia e a noite, permitem um intenso amadurecimento, tanto quanto uma melhor performance no tempo da recuperação da parreira, conseguindo um excelente balanço entre fruta e acidez. Diversas variedades de uvas são cultivadas desde as alturas, nos sopés das cordilheiras dos Andes, até os desertos. Outro fator que favorece o plantio da uva no país é a baixa umidade atmosférica, que diminui a incidência de doenças nas vinhas, proporcionando aos consumidores vinhos tratados com produtos orgânicos, e, aos produtores, uma grande economia em pesticidas, fungicidas e herbicidas.

O wines
A maior empresa presente na feira foi o Grupo Peñaflor, que está no mercado desde 1914, produz cerca de 270 milhões de litros de vinho por ano e tem mais de 150 produtos diferentes. Um dos carros chefe do evento eram os vinhos produzidos com a uva Malbec. Essa variedade da uva, que é originaria da França, acabou encontrando na região de Mendoza, seu terroir ideal, fazendo com que alguns vinhos da região sejam considerados superiores aos tradicionais franceses.

O interesse pelos Malbecs cresceu tanto que, hoje, 26% das 1,2 milhões de caixas de vinho exportadas para o Brasil são produtos feitos a partir dessa uva. Aproximadamente duas mil pessoas participaram do Wines of Argentina 2006, que foi aberto apenas para convidados. O evento promete vir mais forte ano que vem para comemorar os dez anos da feira no Brasil, "Foi uma década de grandes vitórias para o mercado vinícola argentino. Espero que nos próximos dez anos tenhamos pelo menos 1/3 desse êxito para poder oferecer aos brasileiros e ao mundo um vinho com mais qualidade e estilo", afirma Fernando Farré.


Mundovino

Artigo publicado nesta revista


Gran Reserva

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas