Acontece


divulgação
Sessão de cinema VIP com direito à carta de vinho e azeite na pipoca

CINEMA E VINHO
As primeiras Salas VIP de cinema do Brasil foram inauguradas pela Rede Cinemark no Shopping Cidade Jardim, no final de agosto. O novo espaço conta com um serviço de bar que traz um diferenciado cardápio no qual o vinho é o maior destaque. Os rótulos disponíveis no momento são: Cava Pere Ventura Brut Nature Tresor, La Joya Sauvignon Blanc 07, Gentil 06, Le “C” des Domaines Tari 06, Armador Carmenère 05, Chianti del Barone Ricasoli DOCG 06 e Château Thieuley 05. Devido à parceria com a importadora World Wine, há orientação de sommeliers responsáveis tanto pela carta de vinhos e espumantes como pelas harmonizações. Outra novidade é a substituição da cobertura de manteiga da pipoca pelo saudável azeite espanhol.

MENU BORGONHA
Um menu completamente inspirado nos vinhos da Borgonha, desenvolvido pela chef Renata Braune, será servido no restaurante paulistano Chef Rouge entre os dias 30 de setembro e 2 de novembro. Graças à parceria com a World Wine, os clientes terão a oportunidade de degustar e levar para casa alguns dos grandes rótulos da Borgonha, como o destacado tinto Gevrey-Chambertin 05 D omaine Pierre Damoy. Para acompanhar, uma das opções de prato principal é o Coquilles Saint Jacques et Crevettes au Safran (creme de vieiras e camarões gratinados ao açafrão).

SOMMELIER EM GARIBALDI
O curso de Gestão em Enoturismo da Faculdade de Integração do Ensino Superior do Cone Sul (FISUL) passou a contar neste semestre com a disciplina de Sommelier em curso reconhecido pelo MEC. Sob a coordenação das professoras Ivane Fvero e Claudia Alberici, os alunos formados na instituição terão o título de Gestores em Enoturismo e Sommeliers. A aula inaugural da nova disciplina foi ministrada pela sommelier e jornalista de ADEGA Silvia Mascella Rosa, na sede da faculdade em Garibaldi, Rio Grande do Sul.

#Q#

DEGUSTAÇÃO COM ROBERT PARKER
O famoso crítico de vinhos da The Wine Advocate, Robert Parker, será o anfitrião de uma degustação exclusiva de vinhos Bordeaux, realizada no dia 23 de outubro nos Estados Unidos. Os vinhos são da safra de 2005, considerada por Parker a melhor de seus 30 anos de carreira. Dezoito rótulos serão oferecidos, dentre eles os cinco Premiers Grand Crus da região do Left Bank, com preço médio de US$75,000 por caixa. Para ter acesso a eles, cada visitante terá de desembolsar US$ 2 mil, sendo a metade deste valor para doação de bolsas de estudo no Culinary Institute.

O Chile invade o Brasil
Durante dez dias, Semana do Chile toma a capital paulista mostrando a rica cultura do país

Com uma programação extremamente variada, a Semana do Chile, realizada entre os dias 20 e 30 de agosto em diversos pontos da capital paulista, mostrou aos seus participantes um pouco sobre a cultura chilena, intensificando ainda mais a aproximação do país com o Brasil. Negócios, arte, cinema, música, gastronomia e, claro, vinho, foram os principais temas da semana. O evento, cujo maior objetivo era promover e diversificar as relações comerciais entre os países, foi organizado pela Embaixada do Chile e pelo ProChile.

A primeira atração foi apresentada nas telas do cinema Reserva Cultural. Durante toda a semana, os visitantes puderam conferir as mais recentes produções audiovisuais do mercado cinematográfico chileno, que abordaram gêneros para todos os gostos. A cada estréia, um ator ou diretor esteve presente, como León Errazuriz, Sebastián Silva e Fernando Valenzuela, responsáveis pela direção de Mala Leche, La Vida Me Mata e 1973 Revoluciones por Minuto, respectivamente.

No dia em que o cinema saía de cena, a arte tomava seu espaço com a abertura da mostra Mapuche: Povo e Cultura Viva, no Memorial da América Latina. Por meio de painéis com textos e imagens, fotografias etnográficas, arte de ourivesaria, produtos têxteis e documentários, a mostra contou um pouco sobre os mapuches, povo indígena que habita a região Centro-sul do país. A organização foi feita pela Universidad de La Frontera e Universidad Católica de Temuco (Chile).

Os eventos gastronômicos também ganharam destaque durante praticamente a semana inteira. A abertura coube ao chef chileno Matias Palomo, que ofereceu um workshop para os alunos do curso de gastronomia do Centro Universitário Senac. Ele, que foi escolhido como o melhor chef do Chile em 2007, também ficou responsável durante todo o período da Semana do Chile pelo controle do Restaurante Tarsila, do Hotel Intercontinental. Lá, os apaixonados pela gastronomia tiveram a oportunidade de conhecer o melhor tanto da tradicional como da nova culinária do Chile. No menu destacaram- se os pratos Pastel de Choco e Seviche de Salmão.

Dentro desse espetáculo gastronômico, o vinho não poderia deixar de ser um dos atores principais, visto que o Chile é o maior exportador de vinhos para o Brasil. No dia 26 de agosto, os amantes do fermentado puderam participar da quinta edição da Degustação de Vinhos e da segunda edição da Degustação de Azeites de Oliva Chilenos. Para promovê-la, marcaram presença no Buffet Torres 46 vinícolas e quatro produtoras de azeite de oliva. O evento foi bastante concorrido e surpreendeu pela seleção dos convidados que representavam a nata do trade da enogastronomia no País.

Após dez dias, aqueles que conferiram a programação obtiveram um leque muito maior de informações para formar a imagem de um país tão próximo ao nosso. Se o objetivo era seduzir, transmitir e instalar os atributos do Chile fora do país, a tão variada programação do evento pode ser considerada um sucesso. E como salientou o embaixador chileno Alvaro Diaz: “Chile e Brasil têm uma amizade sem limites”, em uma brincadeira com o fato dos países não terem fronteiras entre si.

Redação

Publicado em 22 de Setembro de 2008 às 12:20


Mundovino

Artigo publicado nesta revista