Revista ADEGA
Busca

Vinho - 03.Mai.

África do Sul cria selo para garantir produção vitivinícola sustentável


A África do Sul lançou um selo para a indústria vitivinícola que garante que os vinhos foram produzidos com práticas sustentáveis. A Associação de Ética da Indústria e Comércio Vinícola (WIETA) do país é quem determina e controla as regras.

divulgação
Selos colocados nos vinhos que garantem práticas de produção corretas

O selo é uma das iniciativas do programa de Sustentabilidade sulafricano, criado em 2010. "Nós sentimos constantimento que nossos produtores não recebem o reconhecimento merecido pelo que eles fazem",disse Su Birch, diretora executiva do Wine of South Africa.

 "Queremos ser reconhecidos como produtores éticos em uma das partes mais bonitas do mundo", explicou ela

O programa será divido em três fases, o treinamento gratuito dos profissionais para técnicas laboratoriais corretas em adegas, depois serão avaliados e terão de assinar um termo com o nível de comprometimento com o programa, e a última fase antes da entrega do selo é uma inspeção feita pela WIETA para garantir o cumprimento das práticas.

"Ao introduzir o selo queremos reconhecer e acreditar vinícolas e fazendas que seguem as práticas éticas, e protegê-los de publicidade negativa potencial resultante daqueles que desrespeitam a lei", disse a chefe executiva da WIETA, Linda Lipparoni. 

Mais notícias sobre vinhos...

Tenor Andrea Boccelli lança linha de vinhos itálianos
Enólogo anuncia candidatura ao governo da Virgínia
Coleção de vinho bate recorde de preço em leilão
Enocultura pode ser reconhecida como Patrômonio Humano pela Unesco
Beber vinho ajuda controlar transtornos de ansiedade

Redação
Publicado em 03/05/2012, às 08h21 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias