Revista ADEGA
Busca

Vinho - 2.Mai.

Beber vinho ajuda controlar transtornos de ansiedade


Uma pesquisa apresentada na Conferência de Biologia Experimental, em San Diego, Califórnia, sugere que o consumo de vinho e uvas pode ser capaz de afetar positivamente transtornos e hipertensão relacionada com deficiências cognitivas associadas à ansiedade.

divulgação

A pesquisa mostrou que os antioxidantes presentes em ambos criam um efeito protetor contra distúrbios de comportamento, dificuldade de aprendizado e função de memória causados por transtornos de ansiedade.

Os pesquisadores da Universidade de Houston descobriram que a alimentação enriquecida de uva ou o consumo moderado de vinho durante duas semanas impediu disturbios de ansiedade, de aprendizagem, comportamento, e perda de memória, bem como o aumento na pressão sanguínea que foi observada.

"Esses resultados sugerem um grande potencial para as uvas em uma area muito importante para a saúde" disse Samina Salim, Ph.D., a lider da investigação. "Nós atribuimos os beneficios aos antioxidante presente nas uvas", explicou.

Mais notícias sobre vinhos...

Vinícola artesanal recupera produção de vinho no Vale Fértil
Escola de samba terá enredo sobre vinho nacional no próximo carnaval
Comissão do Tejo faz seguro de 6,4 milhoes para vinhedos
Peru pode ser o próximo grande produtor de vinho do mundo
Queda de temperatura afeta vinhedos na região de Champagne

Redação
Publicado em 02/05/2012, às 08h27 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias