Mundo Vino

Chablis permanece na Borgonha

Projeto que pretendia tirar Chablis da denominação foi colocado de lado


 

Por pouco Chablis não deixou a Borgonha. Pois é, devido aos protestos de mais de 450 vinicultores em frente aos escritórios do órgão nacional de denominação da França, o INAO, os planos de remover o acesso ao nome genérico de denominação Borgonha em 64 comunas, incluindo as de Chablis, foram deixados de lado.

LEIA MAIS

» Conheça Borgonha por suas denominações de origem

» Borgonha: a célebre região francesa de vinhos

“Não serei o presidente que tirou Chablis da Borgonha”, disse Christian Paly, chefe do INAO. Os planos foram contestados até pelo conselho de vinhos da Borgonha, o BIVB, que juntou uma petição com mais de 6 mil assinaturas.

O assunto, contudo, parece que não será esquecido, pois a grande questão refere-se aos limites da Borgonha e de sua denominação regional. Acredita-se que o movimento para tirar essas comunas satélites tenha a ver com a pressão dos produtores de Beaujolais em recuperar acesso ao nome da denominação Borgonha.

Tanto o BIVB quanto o INAO trabalharão em um novo plano. O acesso ao nome da Borgonha pode ter um valor comercial importante para vinhos mais abaixo na hierarquia, por isso a preocupação. Para o BIVB, o objetivo é um cuidadoso equilíbrio entre impedir a “diluição” do nome da Borgonha, mas também proteger o acesso a ele.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

 

Da redação

Publicado em 27 de Setembro de 2020 às 10:00


Mundovino chablis

Artigo publicado nesta revista