Mundovino

Champagne bate novo recorde de vendas

O volume de negócios total de Champagne em 2021 deve atingir 5,5 bilhões de euros, um novo recorde e 10% maior do que seu pico anterior em 2019


Champagne bate novo recorde de vendas

Mesmo com o período pandêmico os negócios de Champagne não tiveram prejuízo

De acordo com Jean-Marie Barillère, presidente da União des Maisons de Champagne, a previsão da prestigiada região é fechar 2021 com um faturamento de 5,5 bilhões de euros.

» Top 10 dos vinhos mais buscados do mundo é dominado pelos franceses

De fato, uma combinação de aumentos nos preços do Champanhe devido a uma escassez de oferta e um movimento geral dos consumidores em direção a marcas premium e cuvées, culminou nesta nova alta prevista para a região de espumantes.

Tal foi o crescimento do valor em Champagne no último ano, que seu volume de negócios para 2021 deve subir cerca de 38% em relação a 2020, quando o choque inicial da pandemia reduziu o valor para cerca de 4 bilhões de euros, uma queda de cerca de 20% em relação aos 5 bilhões de euros de 2019.

A incerta “era covid” realmente mudou o mercado. Isso porque a pandemia pôde ter visto os consumidores beberem menos Champagne, mas quando o fazem, a qualidade tem sido maior, com as vendas de cuvées de prestígio em alta.

Segundo Charles Philipponnat, da Champagne Philipponnat, as vendas do segmento premium durante a crise induzida pela pandemia, não tiveram mudanças: "As cuvées especiais e champanhe vintage não sofreram nada, então a qualidade do Champanhe aumentou".

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

Glaucia Balbachan

Publicado em 5 de Janeiro de 2022 às 09:00


Mundovino Champagne Recorde Vendas Comercial Mercado