Vinho - 05.Mai - Prioridade

Consumidores ingleses preferem qualidade à quantidade


Ao contrário de alguns consumidores norte-americanos, que após a crise econômica preferiram optar por bebidas mais baratas, os ingleses ainda priorizam a qualidade ao invés da quantidade.

Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Datamonitor, os ingleses não mostraram preocupação com a situação econômica mundial e continuam com os hábitos pós-crise. A única mudança clara foi o lugar do consumo. Enquanto antes de 2008 a maioria bebida fora de casa, esse grupo diminuiu e hoje muitos preferem comprar bebidas em supermercados, onde são mais baratas, e consumi-las em casa.

Atualmente os ingleses optam por beber menos de um vinho Premium, por exemplo, do que correr o risco de ingerir uma bebida de baixa qualidade.

Richard Parker, analista do Datamonitor, afirmou que "este comportamento visto agora é típico de épocas pós-recessão. Um número significativo de pessoas está preferindo manter o nível de preço das bebidas. Então, ao invés de abrir duas ou três garrafas de vinhos diferentes, elas consomem apenas uma, até o fim".

Como resultado deste novo "modo de vida", Parker afirma que as pessoas vão trocar de vinho mais freqüentemente e o mercado vai ver novos produtos se tornarem fortes.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Sauternes lança o preço de seus melhores vinhos
+ Maior colecionador de vinhos do mundo quer abrir um museu na França
+ México promove turismo a partir da harmonização entre gastronomia local e vinhos espanhóis
+ DO "DoTejo" é a nova designação para os vinhos da região portuguesa
+ O Melhor Vinho do Dia: Para começar bem a semana!

Da redação

Publicado em 5 de Maio de 2010 às 12:31


Notícias