Degustação de azeites

Degustadores de ADEGA iniciam a avaliação dos óleos de oliva extravirgem para ajudar você a decidir o que comprar


Nesta edição, a revista ADEGA inicia uma seção de avaliações de azeites. Assim como em nossa tradicional Cave - em que avaliamos às cegas dezenas de vinhos por mês para oferecer ao leitor fundamentos na hora de escolher quais fermentados comprar -, nosso intuito aqui é o mesmo. Todas as edições traremos a análise de óleos de oliva extravirgem.

Assim como nos vinhos, ADEGA selecionou uma equipe especializada para fazer as degustações analíticas às cegas. Para tanto, chamamos Luciano Percussi, 83 anos, italiano de nascimento, autor do livro "Azeite - História, Produtores, Receitas", um dos maiores (se não o maior) conhecedor de azeites no Brasil. Outro ilustre nome é Marco Antonio Guimarães, 48, estudioso do assunto e reconhecido especialista, que ministra palestras por todo País sobre óleos de oliva. Por fim, João Calderón, 22, especializado em gastronomia e hotelaria, responsável pela seção de azeites desta publicação.

As avaliações, feitas na Inner Editora (sede da revista), foram esclarecedoras. As provas - para os que não sabem quais as técnicas para degustar azeite, a descrição completa está na edição 40 de ADEGA - comprovaram algumas premissas como: azeite deve ser consumido o mais cedo possível (procure verificar a data de fabricação, quando mais próxima, melhor) e recipientes claros aumentam a oxidação e isso faz com que os óleos percam qualidade mais rapidamente (prefira os de vidro escuro).

Dentre as inúmeras marcas disponíveis no mercado, o leitor de ADEGA agora poderá melhor entender o produto que está comprando. Sendo assim, iniciamos esta seção com três indicações:

1- Casa de Santa Vitória Azeite Virgem Extra
Região: Alentejo, Portugal
Importador: Lusitana
Blend: Cobrançosa, Cordovil e Picual
Acidez: 0,4%
Preço: R$ 31

Aroma com bom perfume (penetrante), notas mais verdes, de tomate, por exemplo. Sabor levemente amargo e picante, sendo delicado e leve na boca. Frutado na medida certa. Possui bons polifenóis. Tem o leve amargor clássico no final. Longo. Acompanha muito bem peixes cozidos.

2- Picual Borges
Região: Tarrega, Espanha
Importador: Borges
Blend: Picual
Acidez: 0,5%
Preço: R$ 18

Aroma pouco acentuado de grama recém- cortada. Um frutado médio, com notas amargas e picantes. Óleo rico em polifenóis, com retro-olfato persistente. Faz uma boa companhia a uma salada de vegetais mais amargos, por exemplo, que combina com suas características.

3- Herdade da Figueirinha
Região: Alentejo, Portugal
Importador: D'Olivino
Blend: Galega Vulgar, Cordovil de Serpa e Cobrançosa
Acidez: 0,4%
Preço: R$ 38

Possui aroma penetrante de tomate verde. É possível sentir um pouco de banana também. Na boca, ele confirma sua intensidade, com leve amargor, picância e fluidez. Tem bons polifenóis e persistente retro-olfato. Gastronômico, harmoniza-se bem com carnes vermelhas.

Da redação

Publicado em 29 de Abril de 2009 às 07:22


Azeite

Artigo publicado nesta revista