Revista ADEGA
Busca

Doenças poderão ser tratadas com vinho


Pesquisadores da universidade inglesa de Newcastle upon Tyne realizarão experiências com o resveratrol para analisar seus efeitos em pacientes que possuem a sindrome de Melas, que consiste encefalopatia mitocondrial, acidose lática, e episódios de AVC). Há pouco tempo descobriu-se que o resveratrol ativa o gene SIRTI, responsável pela longevidade humana. Além disso, em testes de laboratório, foi comprovado que ele reduz a obesidade e os níveis de glicose nas cobaias expostas a uma dieta rica em calorias.

Alexandre Saconi
Publicado em 10/09/2007, às 15h09 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias