Revista ADEGA
Busca

Facebook entra no mercado de vinhos


O criador do Facebook, Mark Zuckerberg, decidiu abrir seu leque de negócios e agora se aventura no ramo de vinhos. Por meio de uma loja online na própria rede social, ele encoraja os consumidores norte-americanos a enviar vinhos de presente a seus amigos da rede.

Tentando tirar proveito da oportunidade de fazer negócio por meio da maior rede social do mundo, dezenas de produtores dos EUA já estão colocando seus vinhos à venda na loja de Zuckerberg. "Está funcionando muito bem, estamos ansiosos para ver até onde isso pode chegar", comentou o diretor de vendas de uma vinícola do Napa Valley.

Depois de incluir ações do Facebook na bolsa de valores de NY e ver suas ações despencarem, Zuckerberg percebeu que cada vez mais usuários acessam a rede através de seus smartphones, e viu nisso uma oportunidade de findar seu problema: investiu em uma seção de presentes no Facebook, disponível tanto em iPhones quanto em Android.

Entre os vinhos disponíveis para a compra na rede social estão rótulos de Robert Mondavi, Clos du Bois e Wild Horse, além de todos aqueles comercializados pela Constellation, a maior companhia de vinhos e bebidas espirituosas do mundo. "As mídias sociais são preciosas para a indústria de vinhos, todos nós estamos tentando nos conectar a isso, então, o que seria melhor do que usar o próprio Facebook?" pontuou um vinicultor.  Na gama atual, os preços dos rótulos disponíveis vão de US$ 15 a US$ 100.

Mais notícias sobre vinhos...

Bonhams faz seu primeiro leilão de vinhos finos em Londres

Cinco filmes que todo enófilo deve assistir

+Australiano descobre "fórmula" do vinho saudável

Arqueólogos encontram possível "fábrica de vinhos" milenar em Tel Aviv

Vinícola californiana envelhece vinhos em alto mar

Redação
Publicado em 28/02/2013, às 13h36 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias