Vinho - 28.Set

Gerard Basset MW fala do redescobrimento dos vinhos franceses


Em entrevista ao site The Drinks Business, o Master of Wine Gerard Basset disse acreditar que, depois de um período de esquecimento, as pessoas estejam voltando a descobrir a França. "Eu acredito que muitas pessoas tenham se esquecido da França. Mesmo com tantos vinhos novos e novas tendências aparecendo nos últimos anos, sinto que as pessoas estão regressando à França e aos vinhos de lá".

divulgação

Uma das maiores evidências dessa migração foi o último leilão de vinhos franceses da Christie's, que aconteceu no começo do mês em Hong Kong e arrecadou mais de três milhões de libras, com 97% dos lotes vendidos. O lote mais caro foi uma coleção de vinhos do Château Mouton Rothchild, vendido por mais de 86 mil libras. Cinco dias depois, a casa de leilões Boham's  vendeu um caixa de Domaine de la Romanée Conti 1988  por 71.300 libras.

Parte disso, afirma o Máster of Wine, se dá devido aos investimentos feitos nos vinhedos franceses nos últimos anos. "Os produtores estão trabalhando com enólogos da Austrália e Califórnia e trazendo novas ideias". Além das regiões mais famosas, como Bordeaux e Borgonha, Basset conta que está particularmente impressionado com regiões como Beaujolais, Languedoc, Jura e Savoie e Provença. "Agora você consegue ver bons vinhos da região, não muitos, mas alguns, algo que não existia antes", finalizou.  

Mais notícias sobre vinhos...

Loja bate recorde com maior número de pessoas abrindo vinhos ao mesmo tempo
Vina Errazuriz anuncia produção de seu primeiro espumante
Amazon voltará a vender vinhos até o final de 2012
Economistas dizem que vendas de vinhos online irão dobrar em 5 anos
União Europeia adia decisão sobre o uso do termo château em vinhos americanos

Da redação

Publicado em 28 de Setembro de 2012 às 10:23


Notícias