Revista ADEGA
Busca

Vinho - 03.Dez - Mercado

Graças a chineses, Vinho supera ouro e petróleo como melhor investimento


Vinho é mais lucrativo que Petróleo e Ouro
De acordo com Bordeaux Index, um relatório mensal da famosa região produtora francesa de vinho fino, as garrafas de vinho branco e tinto estão tendo desempenhos excepcionais neste final de ano.

Os preços dos vinhos subiram 5 %, em relação ao ano passado, superando o aumento de produtos como petróleo (3%) e ouro (4%).

A subida foi atribuída ao interesse da China em vinho fino nos últimos 12 meses.

No mês passado, 147.020 euros foram pagos por uma garrafa ano 1869 do Chateau Lafite-Rothschild, em leilão em Hong Kong.

Lafite e Mouton Rothschild 2008, que já tinham ótimo desempenho, valorizaram ainda mais depois que confirmado que o artista responsável pelo rótulo destes vinhos seria um chinês.

Gary Boom, fundador e diretor do Bordeaux Index, afirma: "a chave para o sucesso tem sido o mercado asiático", e vai além: "é difícil não prever que para o ano que vem o vinho siga se valorizando".

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Caso de vinho pode ir à Suprema Corte

+Rótulo é a chave do sucesso no mercado asiático, diz especialista

+ Graças a Vinho, Copolla se diz livre para criar

+ Terra de Dom Quixote investe em vinho sem álcool
+ Centenária, vinícola neozelandesa busca comprador
+ Mouton Rothschild divulga rótulo 2008

Redação
Publicado em 03/12/2010, às 12h54 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias