Mundovino

Má aplicação de herbicida teria causado mais prejuízo nos parreirais do que o informado

O 2,4-D é aplicado na soja e teria contaminado parreirais no Rio Grande do Sul


 

Uso de herbicida na soja está afetando as uvas para a produção de vinho no RS

A má aplicação do herbicida 2,4-D nas plantações de soja está causando prejuízo para produtores de culturas mais sensíveis como a uva. Segundo a Cooperativa de Vinhos Jaguari a queda na produção da uva destinada à vinificação teve uma queda de 30% devido ao mau uso do agrotóxico.

LEIA MAIS

» Ladrões roubam vinho e utilizam as garrafas como arma contra a polícia

» Brasil se torna o principal destino dos vinhos chilenos

Outros produtores relataram perdas maiores, “é motivo para chorar. Eu mesmo conheço produtor que perdeu 90% da própria produção e o assunto é muito sério”, revela Valter Potter, presidente da Associação de Vinhos da Campanha Gaúcha.

Segundo Potter, o último relatório apresentado pela Secretária de Agricultura do estado do RS não revela a gravidade da situação, pois diversos produtores deixaram de denunciar por não acreditarem que haverá punições aos envolvidos. “São números de um levantamento quantitativo de amostragens que fizeram denúncias, mas existem inúmeros casos de produtores que se cansaram de denunciar.  Não tem um centavo de indenização feita até hoje e mais da metade nem denuncia ou coleta amostra para provar a deriva”, completa Valter Potter.

Não apenas os produtores de vinho estão sofrendo, morango, alface, ameixa e tabaco são outras culturas afetadas pelo uso do herbicida.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 9 de Janeiro de 2021 às 12:15


Notícias Herbicida Agrotóxico Vinho Soja Uva