Mundovino

Ladrões roubam vinho e utilizam as garrafas como arma contra a polícia

Em menos de dois dias o luxuoso hotel Domaine de Rymska foi assaltado duas vezes


 

O Domaine de Rymska na Borgonha foi roubado duas vezes em menos de dois dias

Ladrões assaltaram duas vezes o hotel de luxo Domaine de Rymska na Borgonha em um período de menos de dois dias. Na primeira ação, no dia 4 de janeiro, levaram um total de 200 mil Euros em vinhos e conseguiram fugir. No segundo roubo, dia 5, no entanto o alarme disparou e alertou o gerente do hotel que acionou a polícia.

LEIA MAIS

» Vinhedo clássico do Napa, Stony Hill, tem novos donos

» Vinícolas fecham negócio de 810 milhões de dólares

Os assaltantes conseguiram fugir com vinhos avaliados em 350 mil Euros, porém foram localizados pela polícia francesa que iniciou uma perseguição. 

Sem alternativa, os ladrões passaram a jogar as garrafas de vinho roubadas na polícia para tentar completar a fuga. Acabaram batendo a van que dirigiam e fugiram a pé, deixando a carga roubada para trás. O hotel agora fará a contagem para saber quantas garrafas sobraram e quantas foram utilizadas como arma.

A polícia francesa não tem pistas dos três homens e ainda não tem certeza se os roubos foram cometidos pelo mesmo grupo, apesar das evidências mostrarem que sim.

A França tem sido alvo de diversos roubos em vinícolas e adegas de vinhos famosos, apenas no mês de dezembro de 2020 a polícia francesa prendeu mais de vinte pessoas e recuperou 900 garrafas de vinhos que totalizavam 5 milhões de Euros.

» Receba as notícias da ADEGA diretamente no Telegram clicando aqui  

André De Fraia

Publicado em 7 de Janeiro de 2021 às 15:30


Notícias Roubo Vinho Borgonha Polícia