Revista ADEGA
Busca

Vinho - 7.Nov

Manifestantes estragam vinhas na Ilha de Sark


A propriedade vinícola dos bilionários Sir David e Sir Frederick Barclay foi vandalizadapor manifestantes locais que protestavam contra o plano de expansão dos irmãos para aumentar a propriedade na Ilha de Sark, parte das Ilhas no Canal da Mancha, de 36 para 76 hectares.

divulgação

Segundo o primeiro relatório, os manifestantes sabotaram pelo menos 40 mil das 100 mil vinhas na manhã do último sabado (3 de novembro), 4 horas antes de um protesto na frente da propriedade contra o plano de expansão. Os irmãos, proprietários do jornal Daily Telegraph e do Hotel Ritz em Londres, estavam fechando um contrato para assumir o controle do Grupo Savoy,que  plantou 11ha de vinhas em Sark em 2009, bem como plantio de uma parcela pequena na ilha de Brecqhou, onde vivem.

O Comitê de Agricultura e Meio Ambiente e os moradores de Sark,estão envolvidos em uma disputa com os Barclays, alegando que os gêmeos estão tentando uma aquisição corporativa da ilha semi-autônoma. Eles já possuem um quarto da terra, e afirma-se que já plantaram ou vão plantar vinhas em 31 campos, privando agricultores de seus meios de subsistência.

Em novembro de 2011, os Barclays, que têm uma fortuna calculada em 3.2 bilhões de dólares, haviam investido fortemente na empresa, para a construção de uma nova adega com potencial para produzir 100 hectolitros de vinho.

Mais notícias sobre vinhos...

Produtores franceses tentam restabelecer cepas nativas
Mulheres com peso normal não são beneficiadas por substância do vinho
Produtores se juntam contra plano de reforma para os vinhedos europeus
Coleção milionária de vinhos será leiloada
Vinho chileno segue ganhando espaço no Brasil

Redação
Publicado em 07/11/2012, às 11h46 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h48


Mais Notícias