Revista ADEGA
Busca

Vinho - 06.Set - Negócio arriscado

Marca francesa é resgatada por ex-presidente da Cartier


Principal acionista da marca, Alain Dominique Perrin deve "tomar cuidado e ver o que deu errado da última vez".
Chamarre, a marca de vinhos francesa que decretou falência em maio deste ano, está sendo resgatada pelo ex-presidente da Cartier, Alain Dominique Perrin.

Dono do Château Lagrazette, localizado na região francesa de Cahors, Perrin possui um currículo invejável. Além de ser executivo do grupo Richemont (dono de marcas como Cartier, Van Cleef & Arpels, Piaget e Montblanc), o executivo também é membro do Conselho Internacional da Tate Gallery, em Londres.

Chamarre foi lançada há cinco anos, como um desafio para as marcas de vinho do Novo Mundo e em 2007 se tornou o primeiro vinho francês a ser lançado na bolsa de valores. No entanto, as vendas nunca atingiram as expectativas, e os investimentos, que incluíam empréstimos do governo da França, foram ficando escassos.

Perrin é o principal acionista da empresa com base no Vale do Rhône. Segundo um membro da indústria vitivinícola que não quis ser identificado "essa é uma marca forte, com um bom potencial, mas os novos donos precisam tomar cuidado e ver o que deu errado da última vez".

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Produtores devem criar mais razões para se comprar champanhe, diz estudo

+ Nove novos Mestres do Vinho são anunciados

+ Fora do esperado, colheita começa em Bordeaux com Château Haut-Brion

+ Evento do vinho nos EUA será realizado em zoológico

+ Promoção de Veuve Clicquot gera polêmica na Nova Zelândia

Redação
Publicado em 06/09/2010, às 10h01 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias