Marcos históricos

Editorial - Edição 120


Todo grande colecionador costuma esperar bons anos para que suas garrafas estejam no “ponto certo” para serem degustadas. Um marco convencional costuma ser o de 10 anos. Dificilmente um apreciador abrirá um grande vinho antes de ele atingir uma década de vida. Ele sabe que só depois de transcorrido esse tempo a bebida terá amadurecido, suavizado os taninos, amalgamado sabores, ou seja, evoluído verdadeiramente. A garrafa, enfim, está pronta para ser aberta e deliciada.

Nesta edição, ADEGA completa 10 anos. Nascida na safra 2005, a revista – assim como os grandes vinhos daquela safra histórica (uma das melhores de todos os tempos em Bordeaux e também no Brasil) – aprimorou-se com o passar dos anos. Se na época já estávamos prontos para sermos degustados, agora estamos cada vez melhores. Não à toa, durante essa década, tornamo-nos a principal referência do vinho no Brasil. Assim como os principais rótulos dos melhores produtores, cada edição mereceu ser colecionada.

Pensando nisso, nesta edição comemorativa ao nosso 10o aniversário, produzimos mais uma revista digna de colecionadores. Nela, explicamos o porquê de o vinho ser uma bebida tão “poderosa”. Aproveitamos para rememorar o melhor do que ocorreu nos últimos 10 anos lembrando de nossas reportagens mais emblemáticas. Depois, listamos 10 vinhos que marcaram a história – do mundo, do Brasil e a nossa própria.

No entanto, não olhamos apenas para o passado, mas também para o futuro. Em uma brincadeira divertida de “previsão”, sugerimos 10 notícias que adoraríamos um dia poder veicular em nossas páginas. E, em outra lista descontraída, apontamos alguns dos sintomas que avaliam o quão fanático por vinho você é. Ousamos afirmar que ninguém que lê ADEGA está livre desta paixão avassaladora e contagiante, por isso você certamente vai se fascinar com as nossa lista de acessórios essenciais, assim como também com nossas dicas para os 10 destinos enoturísticos imperdíveis e com uma tabela especial com avaliação das últimas 10 safras das principais regiões vitivinícolas do mundo.

Acreditamos que esta possa ser uma de nossas melhores edições até hoje, mas – assim como Pablo Álvarez, diretor da icônica Vega Sicilia, aqui retratado – compartilhamos da crença de que é possível (e também preciso) melhorar sempre. Como todo grande vinho.

Saúde,
Christian Burgos e Arnaldo Grizzo

Da redação

Publicado em 12 de Outubro de 2015 às 00:00


Editorial marco histórico especial 10 anos

Artigo publicado nesta revista