Vinho - 24.Ago - Segundo a Reuters

Menos de 10% dos vinicultores nos EUA são mulheres, diz estudo


Apesar de fazer quase 50 anos que a primeira mulher se formou com um diploma de vinho de umas das principais universidades, menos de 10% da mulheres não vinicultoras nas propriedades dos Estados Unidos.

Divulgação
Mulheres ainda lutam por espaço na indústria do vinho
MaryAnn Graf foi a primeira mulher a se formar no departamento de vinicultura e enologia na Universidade de Califórnia Davis em 1965, e desde meados dos anos 90 mulheres formam quase metade dos estudantes nessa especialidade na universidade.

Segundo a Reuters, as pesquisadoras Lucia Albino Gilbert e L. Suzanne Dancer, da Santa Clara University, descobriram que apesar dos avanços educacionais, mulheres ainda estão batalhando por um espaço na indústria de vinho.

Menos de 10% dos principais empregos de vinicultor em mais de 3200 vinícolas na Califórnia são de mulheres, descobriram os pesquisadores. A porcentagem pode ser menor em outras regiões vinícolas no país, disse Gilbert.

"As mulheres hoje têm mais oportunidades de ganhar experiência e o conhecimento preciso para se tornar uma vinicultora do que nos últimos anos", contou Gilbert em uma entrevista, adicionado que as mudanças de atitude levam tempo.

Os pesquisadores fizeram a sua própria base de dados de vinicultores do sexo feminino do estado a partir do índice de mais de 3.200 vinícolas fornecido no Diretório Wines & Vines, diversos sites e entrevistas.

Gilbert disse que levará um bom tempo até as mulheres verem igualdade dos gêneros na indústria, mas "eu acho que posso esperar alcançar entre 15 e 20% nos próximos anos, especialmente em Napa e Sonoma, EUA".

Mais notícias sobre vinhos...

+ China lança fundo de investimento em vinho

+ Nos EUA, garrafas de vinho serão lavadas e reutilizadas

+ A banda Train lança vinho e parte do lucro das suas vendas será doada

+ Inflação na Argentina dificulta vendas de vinho

+ Vinhos do Novo Mundo desafiam predomínio dos premium de Bordeaux

Da redação

Publicado em 24 de Agosto de 2011 às 07:51


Notícias