Revista ADEGA
Busca

Vinho - 30.Jul

Morre um dos pioneiros da indústria vitivinícola sul-africana


Filantropo e empresário morre aos 80 anos
Nesta terça-feira (27), a indústria de vinhos sul-africana perdeu um de seus gigantes. Graham Beck morreu aos 80 anos, depois de uma longa batalha contra um câncer de pulmão.

Apesar de ter construído sua fortuna na mineração, Beck era um verdadeiro amante do vinho e também de corridas de cavalos. Dono de diversas vinícolas na África do Sul, o empresário desenvolveu um mecanismo para a produção de espumantes que foi premiado diversas vezes no Méthode Cap Classique Wine.

Beck era muito conhecido por sua filantropia. Dizia que sua maior conquista era poder "dar emprego a milhares de pessoas e permitir-lhes melhorar suas vidas". Prova disso é o Graham and Rhona Beck Skills Centre, um centro de habilidades que visa abordar as necessidades de formação das pessoas em comunidades rurais da África do Sul.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Bill Clinton celebrará casamento de sua filha em vinícola de Nova York

+ Casa de champanhe francesa comemora 250 anos

Empresa norte-americana cria taça de vinho gigante

+ Evento no Rio de Janeiro une medicina e vinhos

+ Empresa sul-africana paga clientes que devolvem garrafas vazias

Redação
Publicado em 30/07/2010, às 08h16 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias