Vinho - 27.Set.

Mulheres estão mais presentes no mundo dos vinhos


A Universidade de Santa Clara, na Califórnia, realizou uma pesquisa para saber o quanto a participação feminina no mundo dos vinhos cresceu. Eles descobriram que de todas as 3.200 vinícolas californianas cadastradas, 9.8% têm mulheres como enólogas ou em alguma posição de comando.  

divulgação

Além do crescimento do número, a pesquisa mostrou que elas, quando estão no comando, costumam ser mais aclamadas. Os professores Lucia Albino Gilbert e John Gilbert, responsáveis pelo estudo, não sabem ao certo explicar o porquê, mas acham que pode ter algo a ver com persistência.

Eles explicam apesar de ambos os sexos precisarem se esforçar para ganhar reconhecimento como enólogos, as mulheres têm desafios maiores, por ser uma área predominantemente masculina. "Eu acho que as enólogas tinham que ser mais determinadas e apaixonadas, e ainda tem", disse Cathy Corison, que trabalha na indústria desde 1978 e ganhou o titulo de Melhor Enóloga de 2011.

Para chegar a esse resultado eles usaram como referência o livro Opus Vino - que classificou 4.000 vinícolas notáveis no mundo, de acordo com críticos - e descobriram que 23% das vinícolas californianas da lista são comandadas por mulheres, comparado a 14% comandadas por homens.

Jim Gordon, editor chefe do livro, diz que se surpreendeu com a descoberta, mas que não concorda que as mulheres são desproporcionalmente mais bem sucedidas que os homens. "Há um longo caminho até lá", ele diz.

Mais notícias sobre vinhos...

Colheita de uvas brancas termina 20% menor em Bordeaux
Drappier é a primeira casa de champanhe a usar o fermentador em forma de ovo
Primeiro Grand Cru Classé vendido a um chinês em Saint Émilion
Casais que bebem vinho juntos são mais felizes
Produtores indepêndentes de vinho pedem ajuda do governo na França

Da redação

Publicado em 27 de Setembro de 2012 às 08:47


Notícias