Revista ADEGA

MundoVino

Syrah que é isso mesmo?

Concha y Toro lançou seu ícone de Syrah em um restaurante japonês e surpreendeu com harmonizações impressionantes

Christian Burgos em 11 de Novembro de 2011 às 14:21

[Colocar Alt]

A Concha y Toro inovou e surpreendeu um seleto grupo de convidados para o lançamento de seu novo ícone de Syrah, o Gravas, em um restaurante japonês. Isso mesmo, japonês. Não se tratava de qualquer restaurante, afinal o local era o Kinoshita, com o mestre Murakami preparando um menu especial para a ocasião. Contudo, ainda assim alguma dúvida pairava no ar...

O entusiasmado Murakami aceitou o desafio de Francisco Torres e Enrique Tirado e passou a trabalhar em prato exclusivo para o evento. Havia degustado o vinho com Tirado este ano no Chile. Na ocasião, fiquei perplexo pois, entre várias safras de Don Melchor e Carmin de Peumo, o Gravas foi o que mais surpreendeu. Tanto 2007, que agora chega ao Brasil, quanto 2008, que foi arrebatador.

Gravas é o mais novo ultra premium do grupo. Syrah de um vinhedo de Maipo Andino. Fica na ribeira sul do Rio Maipo, a 400 metros de altitude, e recebe esse nome pelas pedras arredondadas - entre 0,1 e 7 cm de diâmetro - trazidas no rio desde os Andes. Em sua viagem pelo Chile em 1835, Charles Darwin descreveu esse rio como "rio da torrente de pedras".

O vinho em si não é barato - custando R$ 700 a garrafa no Brasil -, mas é daqueles que vale experimentar para compreender os novos patamares dos ícones chilenos. Um corte de 88% de Syrah - enxertado em 2002 sobre vinhedos plantados em 1967 - com 12% de Cabernet Sauvignon - de vinhedos com 50 anos. Com rendimento de 3 toneladas por hectare para uma densidade de 2.600 plantas por hectare (uma média de 1,15 quilos por planta), a produção total de Gravas foi de 200 caixas, das quais 35 destinadas ao Brasil. O desafio de harmonizar um vinho tinto complexo com um peixe não é para amadores. Ou seja, não tentem fazer isso em casa. Essa mágica requer anos de prática e perícia.

O prato foi Shake Crispy: fatias de salmão sobre um berço de balsâmico encoberto por legumes crocantes no estilo tempurá e ovas de peixe voador. O vinho combinou perfeitamente com o balsâmico e com a gordura do salmão e mostrou que, no quesito harmonização, aprendemos todos os dias.

Palmas para o chef, que explicou dizendo: "Fomos testando a brincadeira, mas o segredo foi a redução do próprio vinho adicionado ao balsâmico". Ele acrescentou, com a modéstia e segurança dos grandes chefs: "Aqui, quem tem que brilhar é o vinho."

Veja também:

+ Avaliação do vinho Gravas

+ Syrah: a célebre uva francesa

Como a Syrah se tornou uma das uvas mais célebres do mundo


Mundovino

Artigo publicado nesta revista


Gran Reserva

Assine

Impressa
1 ano
Impressa
2 anos
Digital
1 ano
Digital
1 ano

Assine InnerImpressaImpressaDigitalDigital
1 ano2 anos1 ano1 ano
Edições12241224
Comprando Avulso você pagariaR$ 216,00R$ 432,00R$ 216,00R$ 432,00
Assine Agora porR$ 216,00R$ 432,00R$ 64,80R$ 100,00
Desconto
EconomizaR$ 151,20R$ 332,00
Parcelado sem juros no cartão de crédito 3x R$ 72,00 6x R$ 72,00
Assinando agora você GANHA também Guia ADEGA Guia ADEGA Vinhos do Brasil 2018/2019 + Poster "as cores do vinho"

Boletim Revista ADEGA

Receba no seu email grátis destaques de conteúdo e promoções exclusivas