Vide o vinho


"Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que não der fruto em mim, Ele o cortará; e podará todo o que der fruto para que produza mais fruto. [...] O ramo não pode dar fruto por si mesmo se não permanecer na videira. [...] Eu sou a videira, vós os ramos. [...]" (João 15:1-5)

O texto bíblico acima coloca Deus como um agricultor. Para nós, um enólogo imortal; que como os enólogos "mortais", trabalha com o que lhes é dado - a videira e o tempo. Portanto, é necessário estudar, acompanhar, tratar corretamente, respeitar todos os desígnios da planta e do ambiente para que ela dê bons frutos, que serão transformados em vinho.

Sendo assim, ADEGA preparou uma "biografia" da videira, para você acompanhar, passo a passo, como funciona o seu ciclo de vida durante cada estação do ano. O que ocorre com a planta? Quais atitudes devem ser tomadas em cada fase? Quando ocorre cada uma? A resposta para essas e outras perguntas estão detalhadas no claro texto de Silvia Mascella Rosa.

Mas, como você bem sabe, nunca paramos na videira e seguimos ao vinho. E com o objetivo de continuar inovando e trazer a você as mais significativas vozes do mundo do vinho, nesta edição, convidamos o grande especialista e colunista da Folha de S. Paulo e Prazeres da Mesa, Jorge Carrara, para questionar: "É possível encontrar grandes vinhos abaixo de US$ 100?" Acostumado a esses desafios, ele elencou grandes dicas de compra nesta faixa de preço.

Aproveitamos a fase final de formalização da Denominação de Origem (DO) Vale dos Vinhedos para apresentar algumas das normas que deverão ser seguidas pelos produtores. E numa onda de Rio Grande do Sul, abordamos uma região onde o interesse pelo vinho vem ganhando o espaço do chimarrão, a Campanha Gaúcha.

#Q#

Cruzando a fronteira, rumo à Argentina, batemos um papo com Roberto Luka, da Finca Sophenia, ex-presidente de Wines of Argentina, que acredita que a vitivinicultura de seu pais pode até buscar novos ícones e seguir novas tendências, mas não deve esquecer dois pontos fundamentais, a qualidade e o Malbec. Falando de tendências, nossa colaboradora Juliana Reis trouxe na bagagem "insights" da London Wine Fair, a tradicional feira do mercado inglês que, costumeiramente, dita os rumos do mercado do vinho.

Além das feiras, outro formato de evento que costuma mobilizar o mundo do vinho são os concursos. Aliás, você sabe para que serve um concurso de vinho? O que significa ganhar uma medalha de ouro? Isso também está explicado nesta edição pelo autor e enófilo Sergio Inglez de Souza.

E qual foi o primeiro concurso mundial de vinhos da história? Diz a lenda que um antigo rei francês resolveu provar os melhores vinhos brancos do mundo e decidir qual o melhor. Aqui você vai se surpreender ao saber quem foi o "medalha de ouro".


Saúde,
Christian Burgos

Christian Burgos

Publicado em 30 de Junho de 2010 às 11:44


Editorial

Artigo publicado nesta revista