Vinho - 09. Mai - Má notícia

Vinícolas na Alemanha são devastadas com pior geada em 30 anos


Vinícolas alemãs foram devastadas por uma das piores geadas que o país já viu em 30 anos. As temperaturas chegaram a -5°C durante a noite de 3 de maio, em áreas que incluem Pfalz, Rheinhessen, Franken e Wüttemberg.

winemakermag.com
Pinot Noir sofre danos com a pior geada em 30 anos

O Instituto Alemão de Vinho (DWI) disse que era cedo demais para avaliar o impacto causado na safra de 2011, mas relatos de Franken sugerem que se pode perder mais da metade da colheita em algumas áreas e, em alguns casos, a perda pode ser maior a 90%.

Variedades como Dornfelder foram particularmente afetadas. Os novos brotos de videiras de Pinot Noir (também conhecida na região como Spätburgunder) também sofreram grandes danos.

"Entre as vinícolas afetadas pelas geadas, predominam aquelas localizadas nas áreas de 'terra baixa', devido ao ar frio que se acumula nos vales", disse Ernst Büscher, do departamento de comunicações do DWI. "Noites de geada não são incomuns em maio na Alemanha, mas há muitos anos elas não eram tão intensas".

Os produtores esperavam por uma grande safra esse ano, já que a colheita de 2010 havia sido a menor em 25 anos.

Mais notícias sobre vinhos...

+ Estudo sugere que vinho tinto evita perda óssea

+ Helicóptero teleguiado é desenvolvido para monitorar uvas em vinícolas

+ Produção de vinhos ecológicos cresce na Espanha

+ Projeto de lei na Argentina visa criar vinho estatal

+ Ponte na Alemanha cruzará vinícolas com as "melhores Rieslings do planeta

+ Família real planta vinhedos em parque na Inglaterra

Da redação

Publicado em 9 de Maio de 2011 às 10:16


Notícias