ADEGA completa 1 ano. VIVA!


Quando assinei o editorial do número 1 de ADEGA usei as palavras "entusiasmo" e "isenção", conceitos que hoje reafirmo, pois falar de vinho sem o primeiro nos seria impossível e sem o segundo, inaceitável. Estávamos então nos aventurando em um ramo milenar onde a tradição conta muito, com uma equipe jovem e um projeto inovador em um país que não prima pela solidez econômica. O risco e a ousadia tiveram resposta já no número dois, onde no editorial usei a palavra "sucesso", que parece estar ecoando até hoje, neste nosso número de aniversário. Com orgulho escrevo que hoje somos a revista de vinhos mais vendida no país, e que nosso site (www.revistaadega.com.br), por uma parceria com o portal UOL, já é o site de vinhos mais acessado do Brasil. De norte a sul estamos em bancas, livrarias, grandes eventos, aeroportos, salas VIPS, além da internet e de sua casa, por meio de assinaturas.

ADEGA cresceu junto com sua equipe que hoje conta com mais colaboradores e com o importante reforço de Luiz Gastão Bolonhez, editor de vinhos, que ingressou no número 4, e Fábio Farah, editor executivo, que está conosco desde o número 10.

Queremos ser consistentes, como os grandes vinhos, que mantém a qualidade a cada safra. Como disse no número 1: "queremos produzir exemplares tão bons que você os guardará com o mesmo carinho que guarda os vinhos de sua adega". Quem os guardou pode conferir agora, cumprimos tudo a que nos propusemos: levar notícia, cultura, serviço, educação, informação atualizada, opinião balizada, equilibrada e, sobretudo, isenta, sempre vendo o mundo através de uma taça de vinho e mostrando que esta nobre bebida é um espelho do ser humano. Alargamos as fronteiras do vinho, mostrando que ele tem a ver com musica, arte, arquitetura, viagens, humor, literatura etc.

Nossa edição comemorativa está com mais páginas, com maior tiragem e estará presente em ações promocionais diferenciadas. Ao desarolhar ADEGA deste mês você poderá apreciar a arte da sommelerie, na entrevista com Roberto Rabachino, premiado duas vezes como melhor sommelier do mundo; degustar conosco ícones lusitanos como o Barca Velha; aprender sobre Vinho do Porto, uvas tintas, grappa e tonéis de carvalho; deliciar-se com as combinações entre vinhos e as criações de Erick Jaccquin, o chef do momento na cena da alta gastronomia paulistana; impressionar-se com a imponência arquitetônica da vinícola catarinense Villa Francioni; descobrir o que Frei Betto guarda em sua adega e muito, muito mais. E em nossa matéria de capa o tema não poderia ser outro: a história do brinde, pois queremos saudar a você leitor(a), a quem devemos nosso sucesso, conquistado ao longo deste um ano. É por isso que, neste momento em que escrevo com um belo tinto em minha taça (mesmo!), sei que não estou degustando sozinho.

Convido então você a celebrar conosco, um brinde e muito obrigado!

Marcelo Copello Editor de Vinhos

Da redação

Publicado em 20 de Setembro de 2006 às 13:12


Editorial

Artigo publicado nesta revista