Revista ADEGA
Busca

Vinho - 10.Jan - Enoturismo

África do Sul descobre o turismo do vinho


Em todos os países com produção de vinhos reconhecida internacionalmente o enoturismo cresce a cada ano, se consolidando como uma das alternativas turísticas locais. Um dos lugares onde esse fenômeno tem acontecido com mais intensidade nos últimos anos é a África do Sul.

Vinhedos na África do Sul
No país sede da última Copa do Mundo de Futebol não há números oficiais que comprovem esse crescimento do turismo do vinho. Contudo, é consenso entre os envolvidos na indústria local que o crescimento é uma realidade e que, justamente por isso, se faz necessário maior organização e maiores investimentos no setor.

E, enquanto não se notam iniciativas mais abrangentes, o que se destaca no país são as ações individuais das vinícolas para fomentar esse mercado. Su Birch, chefe da Agência de Exportação do de Vinhos Finos da África do Sul, disse que "o turismo cresce fortemente", destacando que as vinícolas estão oferecendo atrações que vão além das degustações e das vendas direto da Adega.

Nesse leque de novos atrativos estão incluídos passeios ecológicos pelos vinhedos, além da integração da abundante vida selvagem africana à rotina daqueles que visitam às vinícolas. Outra novidade é a introdução da alta gastronomia entre os serviços oferecidos. Além de vinhos excelentes, os australianos, oferecem seleções diversas de queijos e carnes para harmonização, assim como a organização de piqueniques para os convidados.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Bordeaux começa a investir nos orgânicos
+ Vinícola australiana encampa campanha contra AIDS

+ Produtor de vinhos e astro do futebol Americano, Charles Woodson brilha na reta final da NFL
+ A favor da sustentabilidade, produtora espanhola lança linha de cosméticos à base de uvas

Redação
Publicado em 10/01/2011, às 14h38 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias