Revista ADEGA
Busca

Vinho - 20.Jan - Mercado

Alemanha consumiu mais vinho estrangeiro em 2009


A Alemanha é um dos países onde mais se consome vinho
Em 12 meses, de novembro de 2008 a outubro de 2009, as importações de vinho na Alemanha cresceram 7,2% em volume, cerca de 14,77 milhões de hectolitros. Em valores, este montante cai ligeiramente para 1,2%, cerca de 2,04 bilhões.

A tendência resultante de se aumentar o volume das importações, reduzindo o seu valor se evidencia no valor médio das garrafas, que caiu de 149 euros por hectolitro para 138.

Entre os produtores com mais prestígio entre os alemães, destaque para os italianos. Os vinhos elaborados na bota representam 44,6% dos importados, com quase 6,6 milhões de hectolitros Os vinhos franceses, com 2,26, e os da Espanha, com 2,23 milhões de hectolitros vem, respectivamente, em segundo e terceiro.


Além destes países, África do Sul (com um aumento de volume de 7,9%) e a Áustria, mostram também uma tendência positiva. Os vinhos da Áustria registram, aliás, crescimento de dois dígitos tanto no volume (14,3%) quanto no valor (10,9%).

Confira as últimas notícias sobre o mundo dos vinhos...

+ O Melhor Vinho do dia: Luz nos próximos anos
+ Suco de uva brasileiro já tem mercados-alvo escolhidos

+ Brasil tem grande potencial no mundo do vinho, diz especialista

+ Número de adegas nos EUA cresce e chega a 6.223

+ O Melhor Vinho do dia: Novo presidente do Chile


Redação
Publicado em 20/01/2010, às 13h19 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h46


Mais Notícias