Alentejo aumenta exportações


Se os produtores portugueses de vinho estão preocupados com a atual estagnação do consumo interno, os produtores da região do Alentejo não têm do que se preocupar. As exportações da bebida produzida naquele local cresceram 50,3%, segundo dados divulgados pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana.

No total, foram exportados 5.533.964 litros do vinho certificado com a Denominação de Origem. Os Estados Unidos foram os que mais exportaram a bebida em 2006, com um total de 1,22 milhões de litros. Em seguida vem Angola, com 1,21 milhões e, em terceiro, o Brasil com 1,15.
Fernando Roveri

Publicado em 8 de Fevereiro de 2007 às 14:08


Notícias