Ano de 2011 pode ser o de maior declaração Vintage da história do Vinho do Porto


O ano de 2011 jamais será esquecido quando o assunto for Vinho do Porto. Além de uma safra excelente, mais de 40 produtores já declararam o ano como Vintage, convertendo-o no maior da história. Neste começo de século XXI, a região teve apenas dois anos Vintage, 2003 e 2007.

Entre as vinícolas que já fizeram a declaração em relação a 2011 estão a Sogrape, a Fladgate Partenership (que comercializa as marcas Taylor`s, Fonseca e Croft), Sogevinus, o grupo Symington (que, além de clássicos como Graham`s, Dow`s e Warre`s, também vai declarou Vintage para Cockburn`s, Quinta do Vesúvio, Quinta do Vesúvio Capela, Quinta de Roriz e Graham`s The Stone Terraces) e a Real Companhia Velha, entre outros.

Em entrevista, Manuel Cabral, presidente do Instituto dos Vindos do Douro e Porto (IVDP), afirmou que neste momento, o Douro deve estar "mais ou menos em cima do melhor ano nesse capítulo, que foi 2007", quando houve a maior declaração Vintage até a data.

Até sexta-feira, o IVDP recebe amostras dos Vinhos do Porto para a grande prova dos vinhos, quando serão avaliadas, às cegas, pela Câmara dos Provadores do IVDP para determinar se têm qualidade necessária para ser Vintage.

A respeito da safra de 2011, crítica inglesa de vinho Jancis Robinson declarou, referindo-se ao Douro: "Acho que é impossível pensar em qualquer outra região, em qualquer lugar do mundo, que tenha produzido melhores vinhos nesse ano".

Mais notícias sobre vinhos...

+ Exportação de vinhos finos brasileiros cresce 23% em 2012

+ Empresa portuguesa cria rolha que dispensa o uso de saca-rolhas

Empresa francesa lança vinho em lata

Nova Zelândia declara 2013 como "uma safra a ser lembrada"

Site de encontros para amantes de vinho será lançado em breve

Da redação

Publicado em 18 de Junho de 2013 às 10:16


Notícias