Revista ADEGA
Busca

Café - 18.Jan - Otimismo

Ano de 2011 será de preços favoráveis e bastante produção de café


Os amantes do bom e velho café podem comemorar: o ano de 2011 será de preços favoráveis e bastante produção no setor. Segundo perspectiva apresentada pelo secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Manoel Bertone, o sentimento para este ano é de otimismo.

Segundo Bertone, há grande probabilidade de os preços permanecerem positivos pelo menos mais dois anos. "Estou confiante de que o ano de 2011 será de qualidade acima da média, o que vai permitir esse avanço nos blends (misturas) internacionais e mostrar que o café natural produzido no Brasil é o mais apreciado do mundo", declarou o secretário.

Apesar de 2011 ser considerado um ano ciclo baixo (bienalidade negativa, caracterizada pela maior ou menor produção de café, em anos alternados), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima produção de até 44 milhões de sacas. A previsão é superior à de 2009, último ano de baixa produção, em cinco milhões de sacas.

Bertone ainda fez questão de afirmar que o Brasil é hoje o maior produtor e exportador de café do mundo, além de se caracterizar como o segundo maior mercado interno e o país que mais cresce em participação nos blends internacionais. "A cafeicultura brasileira está apresentando a melhor performance entre todos os países do mundo e tem tudo para se consolidar e assumir um papel que teve há 30, 40 anos", acredita o secretário.

ESPECIAL: Conheça os inusitados cafés mais caros do mundo!

Redação
Publicado em 18/01/2011, às 13h44 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias