Revista ADEGA
Busca

Vinho - 01.Set - Mercado

Ao lado dos EUA e Canadá, Brasil se consolida como mercado importante para vinhos argentinos


Estados Unidos, Canadá e Brasil estão se consolidando como os mercados mais importantes para vinhos argentinos.

Segundo um estudo da organização Caucasia Wine Thinking, os três países representaram 59% em valor e 55% em volume de todas as exportações da Argentina durante os primeiros seis meses deste ano.

Isoladamente, o aumento das importações brasileiras foi de 64,7% em valor e de 43% em volume, em relação ao mesmo período de 2009.

Segundo Lucas Lowi, gerente de desenvolvimento de negócio das vinícolas Terrazas de los Andes e Cheval des Andes, houve um aumento na compra de vinhos dos segmentos Super Premium e Ultra Premium pelo Brasil nos últimos anos. "O consumidor brasileiro está ficando mais sofisticado e disposto a pagar mais por um vinho argentino", explicou.

Os Estados Unidos permanecem como o principal mercado de destino para os vinhos argentinos, seguido pelo Canadá. A Argentina também assistiu as exportações para os dois países norte-americanos crescerem no primeiro semestre de 2010, tanto em valor e como em volume. Nos EUA esse aumento foi de 17% e 23% e no Canadá 22% e 24%, respectivamente.

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Otimistas, mas cautelosos, produtores de Long Island aguardam colheita

+ Onda de calor "cozinha" uvas em região vitivinícola da Califórnia

+Colheita começa em Bordeaux com Château Carbonnieux

+Quem bebe de duas a três taças de vinho por dia vive mais, comprova estudo
+ Austrália deverá parar de utilizar termos europeus para classificar vinhos

Redação
Publicado em 01/09/2010, às 08h55 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias