Revista ADEGA
Busca

Argentina deve se tornar maior exportador de vinho ao Brasil


A Argentina, quinto maior produtor mundial de vinhos, deve ultrapassar o Chile e se tornar, ainda este ano, o principal país exportador da bebida para o Brasil, segundo informa a União Argentina de Vitivinicultura. No ano passado, os vinhos chilenos representaram 12,9% das importações brasileiras, e os argentinos vieram logo atrás com 12,7%.

Negociações entre produtores brasileiros e argentinos definiram que não podem ser exportadas caixas da bebida por menos de US$ 8. apesar disso, os argentinos contam com vantagens tarifárias ante os chilenos por causa do Mercosul. De 2000 a 2005, o número de caixas enviadas ao Brasil cresceu 228%; no mesmo período, as vendas do Chile subiram menos da metade, 110%. As exportações de vinhos na Argentina crescem ao ritmo de 25% a 30% ao ano e também aumentam para a China e México. Os maiores importadores de vinhos argentinos são os Estados Unidos, o Reino Unido e o Brasil, respectivamente.

Fernando Roveri
Publicado em 12/09/2006, às 14h01 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h44


Mais Notícias