Revista ADEGA
Busca

19.fev - Argentina: produtores de vinho recebem

Argentina: produtores de vinho recebem ajuda de 3,5 milhões de pesos


A presidente da Argentina se reuniu hoje com representantes da Federação das Cooperativas Vitivinícolas da Argentina

O governo argentino decidiu liberara  3,5 milhões de pesos argentinos (cerca de 995 mil dólares), para um fundo de apoio aos pequenos produtores de cooperativas, a fim de atenuar os efeitos da falta de financiamento, conseqüente da crise econômica. O auxílio será entregue à Federação das Cooperativas Vitivinícolas (FECOVITA),a maior entidade do setor no país, que engloba 5.000 agricultores envolvidos em 30 cooperativas vinícolas, na região de Cuyo, além de ser um importante exportador de vinho a granel, vendendo para mais de 20 países.


A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, recebeu em Buenos Aires os representantes da Federação, e anunciou hoje o lançamento de um fundo de 3,5 milhões de pesos para enfrentar eventuais problemas financeiros.

As cooperativas que estiverem em dificuldades financeiras, poderão pedir dinheiro emprestado para regularizar sua situação e receber assessoramento técnico para corrigir os fatores que levaram a esse estado.


Através de uma conferência de imprensa na Casa Rosada, Patrick Griffin, presidente do INAES (Instituto Nacional de Associações Econômico e Social), afirmou que o objetivo é ajudar as cooperativas do sector vitivinícola que não conseguem aceder a um empréstimo bancário.


"Será um fundo anticíclico retroativo, já que o dinheiro será emprestado às cooperativas cada vês que tenham problemas financeiros" disse Patrick Griffin presidente do Instituto Nacional de Associações Econômico e Social após a reunião.

Redação
Publicado em 19/02/2009, às 11h51 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h45


Mais Notícias