Revista ADEGA
Busca

Vinho - 23.Set - Crise

Arquidiocese do México teme falta de vinho em paróquias


A Arquidiocese Primada do México alertou sobre uma crise de abastecimento de vinho em suas paróquias.

Em julho, as vinícolas Casa Pedro Domecq e Casa Madero, tradicionais produtoras da bebida destinada exclusivamente ao uso da Igreja, suspenderam a sua produção.

Um vinho para a celebração de missas deve ser natural e puro, sem nenhuma substância estranha, conforme a antiga tradição da Igreja. O conselho de Florença e de Trento também especificam que apenas uvas maduras devem ser utilizadas em sua produção.

Segundo Hugo Valdemar, porta-voz de Arquidiocese, se não houver uma reativação da produção de vinho para a comunhão no México, a Diocese deverá recorrer à importação de barris de vinhos estrangeiros.

No entanto, além de custar mais caro, a importação da bebida pela Igreja tem outra complexidade. Todos os barris devem conter o selo episcopal de aprovação, o qual deve possuir uma análise encomendada pelos bispos, para provar a pureza do vinho.

ESPECIAL: Os sinos da anunciação do vinho - Degustar um dos principais vinhos de Saint-Émilion é tão solene quanto o momento dedicado ao Angelus

Confira as últimas notícias do mundo dos vinhos...

+ Gibi aumenta venda de vinhos franceses no Japão

+ Projeto de preço mínimo de destilados é rejeitado na Escócia

+ Drácula e vinho são temas de tour na Romênia

+ Região dos Vinhos Verdes aconselha jovens a sortear motorista da vez

+ "2010 será outro grande ano para Bordeaux", diz especialista

Redação
Publicado em 23/09/2010, às 11h05 - Atualizado em 27/07/2013, às 13h47


Mais Notícias